Digitalizando o arquivo da produção intelectual

Meses atrás a  Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP lançou o edital Preservação de Acervos e Patrimônio Cultural na Universidade de São Paulo, com o objetivo de “apoiar financeiramente projetos de preservação de acervos”. Na ocasião apresentamos cinco projetos para concorrer às verbas, apenas o projeto de Conservação dos álbuns de fotografias de Leon Kaniefsky foi contemplado.

Um dos projetos apresentados tratava da digitalização da produção intelectual na Biblioteca da ECA. A digitalização tem sido bastante discutida nos últimos anos, os documentos digitais ganham mais e mais espaço, pelas vantagens que trazem: aumentando o acesso, possibilitando que o documento seja acessado remotamente, reduzindo custos, distâncias etc., além de ajudar na conservação do acervo físico. As revistas científicas, por exemplo, hoje já nascem em sua maioria no formato digital, não só por porque a publicação da revista eletrônica é mais fácil e mais barata, mas também porque pesquisas indicam que revistas que mantém edições impressas e eletrônicas coexistindo, “têm suas versões eletrônicas acessadas até oito vezes mais que as versões correspondentes impressas, as tendências parecem indicar a progressiva redução do uso do formato impresso”.

No entanto, se por um lado há uma facilidade maior na criação desse tipo de documento, eles se perdem com a mesma facilidade e a preocupação com seu acesso a longo prazo deve ser constante.

Enfim, essa conversa apenas para dizer que o projeto de digitalização da produção intelectual apresentado naquela ocasião, será posto em andamento pela Biblioteca.

O Arquivo da Produção Intelectual foi criado com o objetivo de promover e assegurar o controle bibliográfico da produção intelectual da Escola, de acordo com Resolução nº 4.221, de novembro de 1995. A coleção formada na Biblioteca da ECA desde então conta com aproximadamente 3.300 documentos: artigo de periódico ou jornal, parte de monografia, folheto, trabalho de evento, relatórios técnicos e científicos, produção artística e/ou material audiovisual etc. Uma boa parte desses documentos está presente no acervo da Biblioteca como parte de livros, revistas, anais, entre outros, o que torna desnecessária a duplicidade do item. Outra parte existe o arquivo digital na Internet.

pdf logoUma forma de identificação dos novos itens gerados com a digitalização foi criada, os arquivos em PDF  ficarão armazenados em nosso servidor, mas se manterá a cópia impressa dos que forem digitalizados, pelo menos temporariamente. O objetivo é facilitar o acesso a esse material, agilizar o atendimento, ainda que nem todos fiquem disponíveis online, em respeito aos direitos autorais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: