Henrik Ibsen na Biblioteca: sugestões de leitura

Neste post iremos apresentar alguns textos teatrais escritos pelo dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906) e que constam de nosso acervo.

Casa de bonecas
Escrito em 1879, o texto traz como personagem principal Nora, uma bela mulher que vive uma “vida de boneca” com seu marido e filhos, para questionar as convenções sociais do casamento e a exclusão das mulheres na sociedade burguesa da época.

O pequeno Eyolf
Culpa, responsabilidade humana e possibilidade de redenção são temas evocados por Ibsen nesta obra. Eyolf, personagem que dá nome à peça, é um menino que, por descuido dos pais, sofre um acidente quando recém-nascido e torna-se deficiente físico. Numa tentativa de aliviar a culpa, o pai isola-se para escrever. Ao decidir abandonar seu projeto literário para cuidar da educação do filho, o pai é surpreendido por um novo acidente e pela morte da criança. A mãe, mulher ciumenta e determinada, também sofre a culpa pela perda do filho e pela ausência do marido.

Um inimigo do povo
Esta peça – impiedosa na crítica às elites, aos governos, aos partidos e ao pensamento único – explicita as contradições humanas assim como a falência do indivíduo diante da unanimidade. Traz a história do Dr. Stockmann que, mesmo com a intenção de praticar o bem comum, entra em choque com os interesses mesquinhos da cidade em que vive. Vítima da maioria e da unanimidade, o homem que queria salvar a cidade torna-se o inimigo do povo.

ibsen

Pillars of Society (versão em inglês)
Nesta obra, Ibsen retrata a frequente sobreposição do poder da riqueza ao da lei. Conta a história de Karsten Bernick, um proeminente homem de negócios que, em meio a sua caminhada em busca de sucesso, é repentinamente surpreendido por seu escandaloso passado sendo trazido à tona por meio de Johan Tonnesen, irmão de sua esposa.

 Ghosts  (versão em inglês)
Neste drama psicológico, Ibsen escancara a hipocrisia das convenções sociais e códigos morais por meio da vida de Mrs. Helen Alving, assombrada pela infidelidade de seu marido e pela doença que ele transmitiu ao seu filho.

A dama do mar 
A dama do mar é Élida Wangel,mulher casada com um médico e que mora numa pequena cidade, onde passa sua vida reavivando lembranças de um marinheiro que lhe prometeu casamento, quando ela era jovem, mas nunca mais apareceu.

 O pato selvagem
Mentira e verdade contrapõe-se nesta peça que apresenta a história de uma família – homem, mulher e filha – construída sobre uma mentira que vem à tona quando um amigo de infância, em sua busca obsessiva pela moral e pela verdade, traz à superfície fatos enterrados no passado.

Hedda Gabler
Ambientada na década de 1890, a peça apresenta Hedda, mulher ambiciosa e decidida que se casou com George Tesman, pensando em garantir um futuro financeiramente estável. Com o decorrer do tempo, as coisas não aconteceram do jeito que ela esperava e, para conseguir o que tanto almejava, ela fez de seu casamento um triângulo amoroso rotativo.

Solness, o construtor
O enredo se dá em torno da ambição de Solness, um homem preso a sua mulher doente e imóvel. Ele, às portas da velhice, é tentado pela jovem Hilda Wangel, que representa a mocidade e a imaginação. Tendo construído muitas casas, objetiva então empreender uma construção colossal.

Ficou interessado? Consulte a localização no Dedalus e boa leitura!

Anúncios

One Response to Henrik Ibsen na Biblioteca: sugestões de leitura

  1. […] Henrik Ibsen na Biblioteca: sugestões de leitura […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: