Títulos nacionais de filmes

As obras internacionais, como filmes e livros, quando publicadas no Brasil recebem um título em nosso idioma. Mas  isso não significa meramente fazer uma tradução para o equivalente natural mais próximo em português, pois os títulos de filmes e livros são determinados, sobretudo, por uma ação de marketing. Assim, o que está em causa não é simplesmente transladar palavras de uma língua para outra, mas, sim, escolher um título que tenha apelo para dado público-alvo e explicite, em alguma medida, o tema central da trama.

Neste contexto de atribuição de sentido, observamos que algumas obras receberam por aqui um título bastante diverso do original. Um breve sobrevoo pelo acervo da Biblioteca da ECA nos dá mostras desta variação.

Um exemplo interessante é o clássico The sound of music que chegou até nós como A noviça Rebelde.

novica rebelde

Enquanto isso Goodfather foi traduzido como O poderoso chefão, título com muito mais apelo do que se fosse transladado simplesmente como ‘padrinho’ para nosso idioma.

O famoso Bonequinha de luxo foi lançado originalmente sob o título Breakfast at Tyffany’s, em referência ao costume da personagem principal de tomar café da manhã em frente à famosa joalheria.

Vertigo, obra de Hitchcock, chegou no Brasil como Um corpo que cai, ao invés de vertigem. Já Marnie, também de Hitchcock, é intitulado com o nome da personagem central, mas, é conhecido por nós como Confissões de uma ladra, nome que busca antecipar para o público o assunto da trama.

O encantador 84 Charing cross road foi lançado no Brasil como Nunca te vi sempre te amei e o envolvente filme francês La lectrice é conhecido por nós como Uma leitora bem particular.

Na intenção de explicitar no título o enredo, Big fish, de Tim Burton recebeu um subtítulo e tornou-se Peixe grande e suas  histórias maravilhosas. Outro exemplo é Bus stop que, com a estrela Marilyn Monroe no elenco, foi lançado no Brasil como Nunca fui santa.

E se alguém te chamasse para assistir One flew over the cuckoo’s nest você saberia que se trata do marcante Um estranho no ninho?

um-estranho-no-ninho-3

Se às vezes o novo título agrada, em outros momentos pode deixar a desejar, o fato é que é bastante interessante conhecer o título original para descortinar as nuances que o criador da obra quis revelar com o nome dado.

Neste post citamos somente alguns poucos exemplos, a partir de obras do nosso acervo. É possível assistir esses filmes na Biblioteca e também conferir se podem ser emprestados. Por fim, lembramos que em nosso catálogo cadastramos tanto o título original quanto o título com que os filmes foram lançados em nosso país.

Anúncios

One Response to Títulos nacionais de filmes

  1. Rinoplastia disse:

    Muito boa a sua análise sobre o tema.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: