Web of Science

Estudos com foco nos números da ciência e da informação registrada são comuns e têm sido usados até para fins para os quais não foram pensados primeiramente. Instituições de fomento à pesquisa, autores, editores e bibliotecários volta e meia precisam usá-los para nortear suas decisões, por exemplo: para qual periódico enviar um artigo, quais revistas ou bases de dados assinar, quais são as revistas nucleares em uma área, analisar a produtividade de autores, instituições e países, padrões de citação e cocitação etc.

E, quando se trata de estudos nessa seara, uma das bases de dados quase obrigatória é a Web of Science, da Thomson Reuters, que é dona também de outras marcas conhecidas no meio acadêmico: InCites, EndNote etc.

A Web of Science é uma plataforma que oferece um conjunto de bases de dados para estudo e análise de citações de milhares de artigos, publicações, autores, agências de fomentos. Hoje tem concorrentes importantes como Scopus e Google Scholar, mas por ser mais antiga, tem cobertura retrospectiva melhor que as outras duas.

web

Apesar de ser a mais antiga, a representatividade do Brasil é pequena, e a presença das áreas que interessam à ECA é acessória. Por exemplo, boa parte das revistas da ECA é referência em suas áreas no Brasil, no entanto, nenhuma delas está indexada na Web of Science.

A plataforma oferece Pesquisa básica com menu suspenso com opções para pesquisa por tópico, autor, título… Pesquisa avançada, na qual – por meio de operadores booleanos, parênteses e combinação de resultados de buscas anteriores – é possível obter resultado mais preciso; Pesquisa de referência citada, em que se busca as citações a autores, artigos, publicações etc. Alerta de citação, para saber se um artigo seu ou de outro autor está sendo citado.  Critérios de seleção rigorosos acabam atribuindo importância às revistas presentes na base.

Além disso, a Web of Science oferece o recurso de lematização automática para pesquisas por tópico e título, ou seja, variações dos termos de busca são recuperadas, mesmo que não tenham sido digitadas, por exemplo: color recupera também colour; mouse  também irá recuperar mice etc., mas, nesse caso, não coloque aspas, pois isto impedirá a recuperação dos termos lematizados.

Para saber mais sobre a Web of Science ou outra base de dados de seu interesse agende um horário com um bibliotecári@. Neste link você pode ver quais são as atividades disponíveis e marcar um horário http://www3.eca.usp.br/biblioteca/servicos/treinamentos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: