Revista Visão: uma semanal lado b

Quando se fala em revista semanal de notícias no Brasil vem à cabeça títulos que estão hoje nas bancas, e se você for razoavelmente informado ou avançado nos anos, deve ter ouvido falar também de Manchete, O Cruzeiro, Realidade…

Mas existiu também a revista Visão, título hoje meio esquecido e do qual temos uma boa coleção no nosso acervo de revistas antigas. A revista foi publicada de 1952 a 1993 e é um caso peculiar no mercado editorial brasileiro pelas várias mudanças por que passou. Nasce no Rio e se muda para São Paulo; de quinzenal vira semanal. Muda de proprietário umas quatro vezes, o que às vezes significou mudanças bem marcadas em sua linha editorial, inicialmente identificada com a esquerda e vista pelos leitores como uma publicação com esse viés. A partir de 1974, quando passa para as mãos do empresário Henry Maksoud, assume um tom francamente neoliberal, com capas dedicadas a Friedrich August von Hayek, considerado o criador da teoria neoliberal.

 

 

 

 

 

 

 

 

Se é hoje um título que desperta menos interesse que suas congêneres, o que se constata pela escassa bibliografia a respeito, teve em seu quadro de jornalistas, nomes como Vladimir Herzog, coordenando a editoria de cultura, Zuenir Ventura e Alberto Dines; e já teve entre seus articulistas Anatol Rosenfelfd e Sábato Magaldi (ambos ex-professores da ECA), Moniz Bandeira, entre outros.

 

Número especial traz um balanço dos dez primeiros anos do golpe de 1964. Na capa consta revolução, pois assim queria o Regime

É comum aqui na Biblioteca da ECA estudantes com o objetivo de comparar a abordagem dada pelas revistas semanais para determinado assunto. Por exemplo, como Veja, Istoé, Carta Capital e Época trataram o golpe que apeou Dilma Rousseff da presidência? Ou como a questão das cotas raciais é abordada pelas revistas Veja e Istoé?

Que tal da próxima vez que for abordar algum problema sob esse olhar incluir a revista Visão? Por exemplo, como as revistas Veja e Visão cobriram a abertura política iniciada no Governo Geisel? E a deposição de Jango em 1964, foi golpe ou revolução para Visão?

Para saber mais:

A REVISTA no Brasil. São Paulo: Abril, 2000. Localização: G 070.5720981 R454c

João Elias Nery pesquisou na coleção da Biblioteca da ECA as resenhas de livros publicadas na Visão. Veja aqui:  http://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/2081

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: