Cada coisa em seu lugar, n. 2

Numa publicação aqui neste blog no ano passado explicamos a organização dos livros nas estantes e falamos da Classificação Decimal de Dewey (CDD), que usamos para classificar os livros, e que determina a ordem e localização dos livros nas estantes.

No entanto, se você vem com frequência à biblioteca já deve ter notado outros arranjos um pouco diferentes desse usado para os livros. Não só o uso de letras antes da classificação, como localizações bem mais diferentes: F2475, TC1677, E10711, etc.

As letras ‘r’, ‘t’, e  ‘g‘ são usadas antes das classificações atribuídas a obras de referência, teses e dissertações e livros de dimensões físicas muito grandes. Servem para ajudar a identificar esse material, separando-os da coleção geral de livros, na qual usamos o mesmo sistema de classificação.

Já a organização usada para partituras, DVD, folhetos, discos de vinil e outros materiais é um sistema de ordenação fixa, ou seja, a localização na estante não é determinada pela classificação na tabela de assuntos da CDD e sim pela ordem de tombamento ou de registro em nosso catálogo. Esse sistema é indicado preferencialmente para acervos de acesso restrito, mediado por um funcionário, já que os materiais ficam dispostos nas estantes frequentemente sem nenhuma relação temática ou de autoria com os itens adjacentes.

Tem como vantagens principais poder usar todo o espaço disponível e não ter que fazer remanejamentos periódicos. Enfim, ganha-se espaço. Nesse sistema pode-se indicar por meio de números o andar, sala, estante, prateleira e a posição sequencial do item. Por exemplo: II-016,5,015, poderia significar segundo andar, estante 16, prateleira 5, e é o 15º nessa prateleira.

Toda a prateleira é usada

No nosso caso, apenas indicamos o tipo de material pelas letras iniciais, DVD, CD, F (folheto), TC (trabalho de conclusão de curso), E (partituras encadernadas), M (memoriais), D (disco de vinil) LA (livro de artista) e acrescentamos uma ordem numérica sequencial. Para as partituras que não são encadernadas, usamos apenas uma numeração sequencial e para cópias de DVD e CD, adicionamos um ‘X’ (XDVD, XCD).

Exemplos:

Pt566
F2475
TC1677

Ordem sequencial na prateleira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: