Professores da ECA: Jean-Claude Bernardet

porque você às vezes faz o filme pros amigos, faz pra você, você não sabe o que é público, então eu fiz o Cabra um pouco do jeito que eu fiz em resposta às questões que o Jean-Claude colocava

o trecho acima veio de uma fala do Eduardo Coutinho no 11º Festival Internacional de Documentários, dito numa mesa em homenagem a Jean-Claude Bernardet e está presente na nota introdutória da edição de Brasil em tempo de cinema de 2007, da Companhia das Letras.

Ensaísta, diretor, roteirista, ator, crítico de cinema e professor aposentado do curso de audiovisual da ECA, Jean-Claude Bernardet é autor de títulos obrigatórios sobre o cinema nacional. Além do já citado Brasil em tempo de cinema, seus títulos Cinema brasileiro: propostas para uma história, Cineastas e imagens do povo, Historiografia clássica do cinema brasileiro são também indispensáveis na estante de pesquisadores da área. Sobre Historiografia clássica do cinema brasileiro, Arthur Autran, professor da UFSCar, diz que “é o livro mais influente no Brasil no campo da historiografia do cinema”.

Mas se você ainda não tem esses títulos aí na sua estante, aqui na Biblioteca da ECA todos eles estão juntinhos na estante de cinema… E você encontra muito mais. Parte da produção crítica do professor pode ser encontrada nos jornais Movimento e Opinião, na nossa coleção de jornais e revistas antigos. O livro Trajetória crítica, tem antologia de críticas selecionadas pelo próprio autor, com textos publicados originalmente no Suplemento Literário do Estadão, Última Hora, A Gazeta entre outros.

Por ocasião de seus 70 a professora da ECA, Maria Dora Mourão, juntamente com Maria do Rosário Carneiro e Laure Bacqué organizaram o catálogo Jean-Claude Bernardet: uma homenagem, que traz seleção de suas críticas, fotos e listas bibliográficas de sua produção como ensaísta, roteirista, ator, diretor.

Outro volume, este feito quando de seu octogésimo aniversário, Bernardet 80: impacto e influência no cinema brasileiro, traz textos dos professores Mateus Araújo, Ismail Xavier, Rubens Rewald e Roberto Moreira.

Além de todas as áreas de atuação citadas acima, Bernardet também escreveu ficção. Duas delas de caráter autobiográfico, ou autoficção, como ele diz, Aquele rapaz e A doença: uma experiência; e dois livros em coautoria com o também professor da ECA Teixeira Coelho, Os histéricos e Céus derretidos.

E claro, a obra de Bernardet deu pano pra mangas para artigos e monografias, alguns exemplos:

Na alquimia das imagens. A crítica como produção: a crítica de Jean-Claude Bernardet nos anos de 1960″, tese de Maria Ignês Carlos Magno

Found footage em tempo de remix: cinema de apropriação e montagem como metacrítica e sua ocorrência no Brasil”, dissertação de Marcos Leandro Kurtinaitis Fernandes.

Aproveite que as férias estão chegando e conheça mais sobre o cinema nacional pela obra de um dos nossos professores.

 

One Response to Professores da ECA: Jean-Claude Bernardet

  1. Anônimo disse:

    Me chamo Claudia Mota Lima e assisti a entrevista sua na GN “Diálogo com….,fiquei muito entusiasmada por ter um pensamento igual ao seu, sobre tratamentos que não nos leva a cura e sim estender a vida sem qualidade. Meus rins já estão no nível IV e hemodiálise não seria minha escolha,o que me levaria a fila de transplante. Sou portadora MiasteniaGravis . nao nao

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: