Filmes acessíveis

14/08/2017

Capacitismo é um termo usado para falar das discriminações a que as pessoas com deficiência estão expostas, por causa de sua condição. É também a crença de que as pessoas com deficiência não podem ser plenamente independentes, subestimando suas capacidades.

A audiodescrição e as legendas ocultas (closed caption) buscam a inclusão das pessoas com deficiência visual e auditiva no universo das obras audiovisuais de maneira independente, tornando possível a essas pessoas aproveitar de maneira mais completa filmes e séries.

Nos caso dos filmes, a audiodescrição funciona como uma banda a mais de áudio acrescentada nos espaços de silêncio do som original; são informações relevantes para o entendimento da obra, mas que estão sendo ‘ditas’ pela imagem, ambientação, expressões faciais dos personagens, leitura de créditos etc.

Veja um exemplo:

O uso da audiodescrição, é claro, não se restringe a filmes ou obras audiovisuais, também pode ser aplicado a eventos, exposições, espetáculos teatrais… No caso dos DVDs os recursos são acionados em configurações, no menu inicial.

Outro recurso disponível e mais difundido, é o closed caption, trata-se de uma legenda oculta, para pessoas com deficiência auditiva.

Ainda são experiências tímidas, principalmente a audiodescrição, que precisam ser ampliadas por meio de leis, mas aqui na Biblioteca da ECA temos alguns títulos que possuem os recursos.

Deem uma olhada na lista.

Para mais informações:

http://audiodescricao.com.br/ad/

Capacitismo: o que é, onde vive, como se reproduz?

Anúncios

São Paulo em filmes

13/03/2017

Com a dura poesia concreta de suas esquinas e a deselegância discreta de suas meninas, a cidade de São Paulo revela-se  nesta seleção que traz traços de sua geografia e arquitetura, desigualdade socioeconômica, riqueza cultural entre tantos outros elementos. Ora palco das ações, ora protagonista, a cidade é o foco nesta seleção de filmes  que fizemos para vocês.

Cena do filme Linha de passe de Daniela Thomas e Walter Salles

Confira aqui a lista de filmes do acervo e aproveite!


Filmes de ficção científica

10/10/2016

Viagens no tempo, extraterrestres, monstros que ganham vida, siths e jedis, a exploração de outras dimensões, futuros distópicos, enfim, tramas comprometidas com a imaginação e que, atreladas a uma dose de ciência, constroem as narrativas da ficção científica.

Este post é um convite para que você explore estes outros universos através dos filmes de ficção científica, que muitas vezes se fundamentam na própria desorientação do homem face às incertezas da existência humana.

ficcao

Confira aqui os filmes deste gênero que constam em nosso acervo.

Lembre-se que a biblioteca é aberta ao público em geral e há cabines individuais para assistir aos filmes.

 

 


Filmes indicados por Martin Scorsese

25/07/2016

Recentemente foi divulgada uma lista em que o cineasta Martin Scorsese indica filmes que considera essenciais para aqueles que buscam uma carreira no cinema assim como para os amantes da sétima arte.

img-martin-scorsese_14532014334

O renomado diretor, que tem em seu currículo obras como Cassino, Taxi driver, Touro indomável, entre tantas outras, oferece uma indicação bastante variada de obras, compreendendo diferentes gêneros e diretores.

Listamos aqui filmes indicados por Scorsese que constam no acervo da Biblioteca da ECA. Aproveite!

Confira aqui a matéria completa que inspirou este post.


10 Animações para Assistir na Biblioteca da ECA

30/11/2015
quaybrothers

Cena de animação dos irmãos Quay

Valsa com Bashir (Israel; França; Alemanha; Estados Unidos, 2008)

Inspirado em fatos reais, conta o retorno de um homem a seu próprio passado há muito esquecido. O cineasta Ari Folman, um veterano israelense da 1ª Guerra do Líbano, encontra um velho amigo que sofre com pesadelos do conflito. Ari começa a imaginar se suas próprias memórias estão crivadas por falhas. Num esforço para descobrir a verdade, ele procura os velhos amigos e ousa confrontar-se com os horrores da guerra.
Localização: DVD2572

Waking life (Estados Unidos, 2001)

O diretor Richard Linklater nos faz imergir na história do jovem Wiley Wiggins, personagem que nos leva a explorar questões inerentes à existência humana em um mundo que pode ou não ser verdadeiro. Engraçado e ingênuo, surpreendente em todos os aspectos, Waking life nos coloca diante da questão “Estamos feito sonâmbulos quando estamos acordados ou será que estamos conscientes enquanto sonhamos?”
Localização: DVD2396

Phantom museums: the short films of the Quay Brothers (Grã-Bretanha, 2003)

A obra traz distintas animações produzidas pelos irmãos Stephen e Timothy Quay ao longo de 30 anos. Os irmãos Quay dão vida a bonecos em suas animações, cuja estética de ar misterioso apresenta fragmentos poéticos, trechos de músicas, assim como um tratamento especial da luz e suas mórbidas texturas, elementos que conferem traço bastante autoral a sua obra. Dentre as animações, Street of crocodiles é talvez um de seus mais conhecidos trabalhos, baseado no  conto de mesmo nome do autor  e artista polonês Bruno Schulz.
Localização: DVD1973 e DVD1974

As bicicletas de Belleville (França, 2003)

Conta a história do triste garotinho Champion, adotado por sua avó, Madame Souza. Procurando fazer a vida do garoto mais feliz, a velhinha lhe dá um cachorro, mas o menino não tarda a esquecer do animalzinho. Percebendo o interesse do garoto por bicicletas, Madame Souza lhe dá uma. Com o passar dos anos e à custa de um rigoroso treinamento, o menino se torna um grande ciclista e vai participar do Tour de France. Durante a corrida, Champion e outros ciclistas são sequestrados por dois misteriosos homens de preto. Madame Souza e o cachorro partem à procura deles, recebendo ajuda das trigêmeas de Belleville, mulheres que foram cantoras de cabaré nos anos 1930.
Localização: DVD2536

Akira (1988)

Esta aventura cyberpunk, que se passa numa Tokyo pós-apocalíptica, foi concebida pelo diretor Katsuhiro Ôtomo. O jovem Kaneda, líder de uma gangue de motoqueiros, é amigo de Tetsuo, que repentinamente passa a ser dominado por uma força sobrenatural e torna-se cobaia de um projeto experimental secreto denominado Akira. Para salvar o amigo, Kaneda envolve-se com grupos anarquistas e passa a lutar contra o governo numa explosiva e sangrenta guerra civil.
Localização: DVD2521

Mary and max: uma amizade diferente (2009)

Dirigido por Adam Elliot, “Mary e Max: uma amizade diferente”, narra a história da amizade entre uma menina de 8 anos de idade, gordinha e solitária, que vive nos subúrbios de Melbourne com Max Horovitz, um judeu autista e obeso de 44 anos que mora em Nova York. Separados por dois continentes eles se correspondem ao longo de 20 anos compartilhando segredos, dúvidas, ansiedades e uma incrível visão do que é o mundo ao seu redor.
Localização: DVD2454

Fritz the cat (1972)

Ralph Bakshi fez esta que é a primeira animação proibida para menores e marcou uma geração inteira que viveu intensamente os anos 1970. Fritz é um gato que vive numa cidade habitada por seres antropomórficos. É viciado em sexo e não pensa duas vezes em aceitar uma rodada de alucinógenos. Entre uma transa e outra, se envolve em assuntos ‘cabeça’ com resultados desastrosos.
Localização: DVD2373

Kiriku e a feiticeira (França; Bélgica; Luxemburgo, 1998)

Do diretor Michel Ocelot e baseado numa lenda da África Ocidental, narra a história do pequeno Kiriku, garoto muito inteligente e com dons especiais nascido em uma pequena aldeia que está sob a maldição da cruel feiticeira Karaba, a qual secou as fontes de água e sequestrou todos os homens da região. Encontrando amigos e seres fantásticos pelo caminho, Kiriku resolve combater a malvada feiticeira.
Localização: DVD2435

Paprika (Japão , 2006)

Prepare-se para entrar no mundo da fantasia e imaginação, onde realidade e sonhos se transformam em uma sucessão de brilhantes efeitos visuais. O centro desta mágica fábula é uma máquina revolucionária que permite aos cientistas acessar o cérebro e gravar os sonhos. Logo após ter sido roubada, um destemido detetive e um excelente terapeuta unem forças para recuperar o aparelho antes que ele vá parar nas mãos de um ‘terrorista dos sonhos’.
Localização:  DVD2573

A noiva cadáver (Estados Unidos, Grã-Bretanha, 2005)

Ambientada em uma vila europeia do século XIX, a animação conta a história de Victor, um jovem varrido para o submundo e casado com uma misteriosa Noiva cadáver, enquanto sua verdadeira noiva, Victoria, aguarda por ele, sem esperanças, no mundo dos vivos. Nesta jornada, a Terra dos Mortos revela ser um pouco mais colorida do que todos imaginavam. Um conto de otimismo e romance, com uma vida após a morte no estilo inconfundível do diretor Tim Burton.
Localização: DVD2350

Nausicaä: a princesa do vale dos ventos (Japão, 1984)

Muitos anos após uma guerra mundial, o reino Valley of the wind, situado próximo ao mar, é uma das poucas regiões ainda habitadas da terra. Sob o reinado da corajosa princesa Nausicaä, os habitantes estão em constante conflito com poderosos insetos que habitam a região e guardam uma selva venenosa que vai se espalhando pelo planeta. A princesa, seus valentes companheiros e habitantes do Valley esforçam-se em busca de restaurar o equilíbrio entre a Terra e a humanidade. Do aclamado diretor Hayao Miyazaki.
Localização: DVD2543 e DVD2544


65 filmes dirigidos por mulher

16/11/2015

Anna Muylaert, cineasta com um longa de sucesso em cartaz, declarou ao G1 que “mulher que faz sucesso é entendida como perigosa“. E afirmou ao Terra que nunca sentiu tanto o machismo quanto agora, que é diretora.

ana

Kathryn Bigelow foi a primeira mulher a receber um Oscar de melhor direção, e isso aconteceu apenas em 2010. Além dela, só outras 3 mulheres foram indicadas a esse prêmio, Lina Wertmüller (1976), Jane Campion (1993)  e Sofia Coppola (2003).

katryn

Em nosso acervo de filmes as mulheres diretoras estão bem representadas, embora também sejam minoria em relação aos homens. Da Ana Muylaert, que estudou na ECA, temos os dois primeiros longas Durval Discos  e É proibido fumar. Da pioneira Ida Lupino, citada por Martin Scorsese em seu Uma viagem pessoal através do cinema americano (DVD1956/7), temos The Hitch-Hiker.  Leni Riefenstahl também está presente com O triunfo da vontade, documentário de propaganda oficial do regime nazista. Suzana Amaral, também ex-aluna e ex-docente da ECA, Laís Bodansky, Lúcia Murat e Tata Amaral são outros nomes de mulheres brasileiras cineastas cujo trabalho está representado na coleção da Biblioteca da ECA.

ida

Ida Lupino

 

Lucia Murat Filme: Uma Longa Viagem Local: Cine Sesc Data: 28/10/2011 Foto: Aline Arruda / Agência Foto

Lucia Murat

Tata Amaral

Tata Amaral

Preparamos uma lista com filmes de longa-metragem, mas também temos muitos curtas dessas diretoras no acervo. Procurem no catálogo de Filmes e Vídeos disponível em nosso site.

Lista de filmes:

Aboio. Rocha, Marilia. Brasil, 2005, 73 min

Amélia. Soares, Ana Carolina Teixeira. Brasil, 2000, 125 min

Amores possíveis. Werneck, Sandra. Brasil, 2000, 93 min

Através da janela. Amaral, Tata. Brasil, 1999, 84 min

Benjamim. Gardenberg, Monique. Brasil, 2003, 108 min

Bicho de sete cabeças. Bodanzky, Laís. Brasil, 2000, 88 min

Brava gente brasileira. Murat, Lúcia. Brasil, 2000, 104 min

Carlota Joaquina princesa do Brazil. Camurati, Carla. Brasil, 1994, ca.100 min

Carmen Miranda: bananas is my business. Solberg, Helena. Brasil / Estados Unidos, 1994, 91 min.

O casamento de Louise. Paula, Betse de. Brasil, 2001, 80 min

Um céu de estrelas. Amaral, Tata. Brasil, 1996, ca 80 min

Chega de saudade. Bodanzky, Laís. Brasil, 2007, 95 min

Cléo de 5 à 7. Cléo das 5 às 7. Varda, Agnès. França / Itália, 1962, 90 min

Construção. Gutierrez, Maria. Brasil, 2008, 9 min

Copacabana. Camurati, Carla. Brasil, 2001, ca.90 min

Das tripas coração. Soares, Ana Carolina Teixeira. Brasil, 1982, ca.100 min.

Depois do transe. Rocha, Paloma de Melo Silva. Pizzini, Joel. Brasil, 2005, 114 min

Le dernier caravansérail (odyssées). Mnouchkine, Ariane. França, 2006, 270 min

Doces poderes. Murat, Lúcia. Brasil, 1996, 98 min

Dom Helder Câmara: o santo rebelde. Bauer, Erika. Brasil, 2004, 73 min

Durval Discos. Muylaert, Anna. Brasil, 2002, 93 min

O ébrio. Abreu, Gilda de. Brasil, 1946, 126 min

Europa Europa. Holland, Agnieszka. Alemanha / França, 1986, 115 min

Feijão com arroz. Marinho, Daniela. Brasil, 2009,

Frei Tito. França, Marlene. Brasil, 1983, 16 min

The Hitch-Hiker. Lupino, Ida. Estados Unidos, 1953, 70 min

A hora da estrela. Amaral, Suzana. Brasil, 1985, 96 min

Hotel Atlântico. Amaral, Suzana. Brasil, 2009, 107 min

Infinitamente Guiomar Novaes. Bengell, Norma. Brasil, 2003, 142 min

A invenção da infância. Sulzbach, Liliana. Brasil, 2000,

Irma Vap, o retorno. Camurati, Carla. Brasil, 2006, 84 min

Justiça. Ramos, Maria Augusta. Brasil / Holanda, 2004, 107 min

Kenoma. Caffé, Eliane. Brasil, 1999, 110 min

Die Klage der Kaiserin. Bausch, Pina. Alemanha / França, 1990, 74 min. XDVD0485(circula)

Mansfield Park. Rozema, Patricia. Grä-Bretanha, 1999, 112 min

Mar de rosas. Soares, Ana Carolina Teixeira. Brasil, 1977, 99 min.

Mazel Tov. Lerner, Jaime; Seligman, Flávia. Brasil, 1990, 14 min

Meninas. Werneck, Sandra. Brasil, 2005, 71 min

Mil e uma. Moraes, Susana. Brasil, 1994, 90 min

Mina de fé. Bezerra, Luciana. Brasil, 2004, 15 min

Molière. Mnouchkine, Ariane. França / Itália, 1978, 244 min

Mulheres do Brasil. Martino, Malu de. Brasil, 2006,

Mutum. Kogut, Sandra. Brasil, 2007, 90 min

Narradores de Javé. Caffé, Eliane. Brasil / França, 2003, ca. 102 min

Ó paí, ó. Gardenberg, Monique. Brasil, 2007, 98 min

Ori. Gerber, Raque. Brasil, 1989, 53 min

Palavra (En)cantada. Solberg, Helena. Brasil, 2009, 84 min

Pão com mortadela. Castro, Georgina; Mello, Marcos. Brasil, 2009, 15 min

Um passaporte húngaro. Kogut, Sandra. Brasil / França / Bélgica / Hungria, 2003, 71min

Pequeno dicionário amoroso. Werneck, Sandra. Brasil, 1997, 91 min

The piano.  Campion, Jane. França / Austrália, 1993, 122 min

Quanto mais manga melhor. Lavalle, Michele. Brasil, 2007, 17 min

Quase dois irmãos. Murat, Lúcia. Brasil, 2003, 102 min

Que bom te ver viva. Murat, Lúcia. Brasil, 1989, 100 min

Tambours sur la digue. Mnouchkine, Ariane. CIXOUS, Hélène. França, 2003, 136 min

Terra do mar. Martinelli, Mirella; Caron, Eduardo. Brasil, 1997, 82 min

Terra para Rose. Moraes, Tetê. Brasil, 1987, 86 min

Tônica dominante. Chamie, Lina. Brasil, 2000, 80 min

Triumph des Willens. Riefenstahl, Leni. Alemanha, 1934, ca.120 min

Uma nação de gente. Hernández, Margarita; Brasil, Tibico. Brasil, 1999, 17 min

Vale a pena sonhar. Grisotti, Stela; Boehm, Rudi. Brasil, 2003, 74 min

Verdadeira história da bailarina de vermelho. Colasanti, Alessandra; Abujamra, Samir. Brasil, 2010, 15 min

A Via Láctea. Chamie, Lina. Brasil, 2007, 85 min

Vida de menina. Solberg, Helena. Brasil, 2005, 102 min

Uma vida em segredo. Amaral, Suzana. Brasil, 2001, 98 min

 

Leituras:

http://www1.folha.uol.com.br/serafina/2015/01/1578821-diretoras-brasileiras-discutem-machismo-e-papel-da-mulher-nas-telas.shtml

De Lauretis, Teresa
Technologies of gender : essays on theory, film, and fiction
Bloomington : Indiana University Press, c1987.
791.43652042 D342t

Fischer, Lucy
Shot/countershot : film tradition and women’s cinema
Princeton : Princeton University Press, c1989.
791.436520426 F529s – ECA

Kaplan, E. Ann
Women and film : both sides of the camera
London : Routledge, 1991.
791.43652042 K17w 1991 – ECA

Kuhn, Annette
Cine de mujeres : feminismo y cine
Madrid : Catedra, c1991.
791.43652042 K96wE – ECA

Kuhn, Annette
Women’s pictures : feminism and cinema
London : Routledge & Kegan Paul, 1983.
791.43652042 K96wo – ECA

Martinez de Velasco Velez, Patricia
Directoras de cine : proyeccion de un mundo obscuro
[Mexico] : Instituto Mexicano de Cinematografia, 1991
791.43 M385d – FFLCH

Miller, Lynn F.
The hand that holds the camera : interviews with women
New York : Garland, 1988.
791.430973 M648h – ECA

Women and the cinema : a critical anthology
New York : Dutton, c1977.
791.43 W872k – ECA

 


Fotografia de Cinema

26/10/2015

safe_image

Nosso destaque para o mês de setembro é uma seleção de filmes cuja fotografia é assinada por fotógrafos conceituados na área. Para fazer o levantamento, usamos um artigo de Alcino Leite Neto publicado na Folha de São Paulo.

“Longe do paraíso” e os maiores fotógrafos do cinema.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/ult682u79.shtml

Temos filmes de quase todos os nomes citados na matéria. Vejam a lista completa no link abaixo, organizada pelo nome dos fotógrafos.

Fotografia de Cinema


%d blogueiros gostam disto: