De onde vêm os livros: aquisição por meio do processo de pregão

27/03/2017

O acervo da Biblioteca é atualizado de maneira dinâmica, seja por meio de doações ou processos de compra. Neste ano que se inicia a Biblioteca encaminhou ao SIBi-USP o pedido de livros a serem adquiridos por meio do processo de pregão. Isso significa, dentre outras coisas, que não é possível para nós comprar livros de maneira isolada e pontual. A compra é um processo centralizado, que se dá para toda a USP e ocorre em determinado período, logo há um espaço de tempo considerável entre o momento em que o pedido é feito e sua compra.

Quer conhecer quais os critérios para a formação desta lista com os pedidos de livros? Vamos fazer um sobrevoo pelo processo!

foto: Rick Leche – Photography

Antes de mais nada, é importante dizer que nos últimos anos houve diminuição dos recursos destinados à aquisição de livros,  enquanto as solicitações de compra continuaram sendo enviadas à Biblioteca. Com isso, o processo de seleção dos itens a serem adquiridos ficou ainda mais minucioso.

A Biblioteca recebeu R$ 41.589,00 para utilizar na compra de livros nacionais e internacionais impressos. A partir deste valor deu-se o processo de seleção de itens dentre uma demanda acumulada de vários anos.

Dentre as indicações feitas à Biblioteca, foram incluídas aquelas provenientes de docentes e funcionários da Biblioteca, que totalizou 1107 itens. Destes, 735 eram livros internacionais; 372, nacionais. Desta vez, infelizmente, não foi possível atender aos alunos, como sempre fizemos.

A partir disso iniciou-se um processo de seleção que comportou: verificação da existência de exemplares em número suficiente no acervo, considerando-se também edições e idiomas existentes e solicitados; exclusão de pedidos em duplicidade; exclusão de itens que podem ser adquiridos por meio de doação; exclusão de itens esgotados.

Após esta fase, chegamos ao total de 231 publicações nacionais encaminhadas para o processo de pregão.

De outro lado, foi preciso realizar mais filtros para a seleção dos títulos internacionais, pois os pedidos excediam em grande medida o valor disponível: a demanda de livros internacionais foi de US$39.171.72 – 570 itens – , mas a verba disponível era US$ 6.900,00.

Desse modo, eliminaram-se itens com preços muito elevados e que haviam sido indicados por docentes que tiveram grande número de solicitações incluídas na lista; itens da bibliografia básica somente foram excluídos em casos de preço muito elevado; a temática das obras foi considerada no momento da seleção, assim os pedidos que traziam várias obras de um mesmo assunto foram observados com minúcia tendo em vista a seleção. Após esta fase, chegamos a indicação de 167 obras internacionais para o pregão, quantidade que se enquadrava no valor disponível para compra.

Depois deste processo a lista de itens foi enviada para o pregão, mas é provável que alguns pedidos não sejam atendidos, já que alguns itens podem estar esgotados no momento da compra. Os pedidos que não forem atendidos neste processo permanecerão na lista de aquisição para compras futuras.

foto: Heidi Elliott

Ao fim de todo este processo, livros novos irão compor o acervo! É um trabalho minucioso, realizado pela Seção de Aquisição da Biblioteca. Nem toda a demanda pode ser atendida e os critérios de seleção precisam ser rigorosos, tendo em vista a formação de um acervo pertinente à nossa Escola.

Consideramos muito positivo o fato de termos grande demanda a ser atendida. Isso significa que nossos professores e alunos estão conscientes da importância de ter um bom acervo e empenhados nessa tarefa. Agradecemos a quem nos enviou sugestões e lamentamos não poder, neste momento, atender a todos.

Anúncios

Comprando livros e outros materiais para o acervo

29/03/2010

A Biblioteca recebe da Reitoria, todos os anos, verba para comprar livros e outros materiais para o acervo.  Os alunos, professores, funcionários e demais usuários podem indicar material para ser adquirido.  Funciona mais ou menos assim: as pessoas que precisam de um livro, ou acham importante que a Biblioteca tenha determinada coleção de DVDs, por exemplo, fazem o pedido. Na medida do possível, a Biblioteca compra.

Nosso objetivo principal ao adquirir materiais bibliográficos é subsidiar as atividades de ensino, pesquisa e extensão, desenvolvidos na ECA.  Levando sempre em conta esse objetivo, temos alguns critérios para selecionar o que será comprado:

– São atendidos apenas os pedidos que tenham por finalidade o ensino, a pesquisa e a extensão;

– Solicitações de professores têm prioridade sobre as das demais categorias;

– Têm prioridade itens que constam da bibliografia básica de cursos de graduação, pós-graduação e extensão;

– A Comissão de Biblioteca tem a palavra final na seleção do material e decide a respeito de casos não previstos.

Como as compras são feitas:

Os bibliotecários não podem simplesmente ir à livraria mais próxima e comprar tudo o que é necessário. É um pouco mais complicado.

Como somos uma instituição pública, as compras obedecem a uma legislação cujo objetivo principal é assegurar o bom uso do dinheiro público.

As compras são feitas de forma centralizada pelo Departamento Técnico do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP, duas ou três vezes por ano, por um sistema chamado pregão.  Demora um pouco, mas é lei.

Como pedir:

– Pessoalmente, na Biblioteca, solicitando ao pessoal do atendimento a papeleta de sugestão de compra.

– Por e-mail, enviando mensagem para os endereços eletrônicos normanda@usp.br,
sileiv@usp.br.

Como saber o que a Biblioteca compra?

No site da Biblioteca publicamos boletins com informações atualizadas sobre novas aquisições incorporadas ao acervo:

Além disso, sigam-nos no Twitter, onde sempre anunciamos as novidades.


%d blogueiros gostam disto: