Você não está incomodando!

10/06/2013

Os bibliotecários e demais funcionários que trabalham no Serviço de Atendimento e Circulação da Biblioteca da ECA estão à sua disposição para dar informações, tirar dúvidas, auxiliar na pesquisa e na localização de documentos e muito mais.

Quem são esses funcionários e onde ficam? Bem, eles fugiram da câmera, mas dá para reconhecer os espaços.

Na sala que fica atrás do guarda-volumes:

DSC_0289_menor

Na mesa próxima do expositor de livros novos no salão de leitura:

DSC_0291_menor

Na Seção de Multimeios:

DSC_0287_menor

E também nos balcões de empréstimo, naturalmente.

Mas às vezes esses funcionários parecem tão ocupados, tão concentrados e sérios… Posso mesmo interromper para fazer perguntas?

Sim, claro. Parecemos tão compenetrados porque estamos trabalhando em diversas atividades: fazendo uma pesquisa para um usuário, respondendo consultas por e-mail ou atendendo pelo chat, postando mensagens nos perfis das redes sociais da Biblioteca, escrevendo posts para este blog, fazendo trabalho administrativo etc.

Mas a prioridade sempre vai ser atender você.

Outras tarefas, em geral, podem esperar. E se estivermos ocupados com outro usuário que nos procurou antes, vamos encaminhá-lo a um colega ou pedir para você aguardar um pouco.

As bibliotecas oferecem serviços que nem todos conhecem. Conversando com um bibliotecário você pode acabar descobrindo mais coisas do que imagina.

Não existem dúvidas bobas, ninguém é obrigado a saber tudo de bibliotecas só porque passou no vestibular ou na prova do mestrado. E nem há questões tão complicadas que não possam ser apresentadas. Se a gente souber, a gente responde. Experimente!

Você teve experiências desanimadoras com bibliotecas no passado? Muita gente já teve, mas as bibliotecas mudam, como tudo no mundo. Tente de novo.

Anúncios

Conversa de bibliotecários

10/03/2011

Bibliotecários adoram comentar a imagem da profissão no cinema e outros meios de comunicação. Garimpar cenas com bibliotecários ou bibliotecas, lamentar os estereótipos ou achar graça neles, é quase um esporte. Também é um tema de pesquisa que rende teses e trabalhos de conclusão de curso.
A Biblioteca da ECA não tem muitos filmes no acervo que tratam do assunto. Há o inevitável O nome da rosa, baseado no livro de Umberto Eco, no qual a biblioteca é destruída por seus próprios segredos. E o seriado Buffy, a caça-vampiros, em que o bibliotecário é o guardião e protetor da personagem que luta contra os poderes das trevas. Também há personagens bibliotecários no filme O convento, de Manoel de Oliveira, sobre um pesquisador procurando num convento português provas para sua hipótese de que William Shakespeare era espanhol, não inglês.

Os livros, a leitura e a preservação do conhecimento são temas de Fahrenheit 451, de François Truffaut, ambientado na sociedade totalitária do futuro que proibiu a posse e a leitura dos livros. A pesquisa em arquivos aparece no filme alemão Uma cidade sem passado, em que uma jovem estudante tenta descobrir o que aconteceu em sua cidade durante o nazismo.

Em A felicidade não se compra, de Frank Capra, a menção a bibliotecários é rápida, mas significativa. George Bailey, o personagem principal, é um ótimo sujeito que pensa em se matar depois de uma série de enormes decepções. Um anjo o impede, mostra como seria a vida em sua cidade se ele não tivesse existido. Seria tudo péssimo, mas George desiste definitivamente do suicídio quando descobre o destino alternativo de sua esposa: sem ele, a pobrezinha jamais teria se casado e seria bibliotecária!
Vale a pena ver Party girl, filme que além mostrar a profissão sob uma óptica positiva, dá uma visão bastante realista do trabalho dos bibliotecários. A moça moderninha e festeira do título tem problemas com a polícia e sua madrinha, bibliotecária, paga sua fiança. Em troca, ela vai trabalhar na biblioteca e acaba gostando da coisa. Mas comete um erro e a madrinha a demite, com uma tremenda bronca em tons feministas. Vejam a cena:

Depois da bronca, a personagem decide que vai estudar para ser bibliotecária.

Se você gosta do assunto:

http://filmlibrarian.info/
http://www.librarian-image.net/
http://www.tk421.net/essays/nwyt.pdf


%d blogueiros gostam disto: