65 filmes dirigidos por mulher

16/11/2015

Anna Muylaert, cineasta com um longa de sucesso em cartaz, declarou ao G1 que “mulher que faz sucesso é entendida como perigosa“. E afirmou ao Terra que nunca sentiu tanto o machismo quanto agora, que é diretora.

ana

Kathryn Bigelow foi a primeira mulher a receber um Oscar de melhor direção, e isso aconteceu apenas em 2010. Além dela, só outras 3 mulheres foram indicadas a esse prêmio, Lina Wertmüller (1976), Jane Campion (1993)  e Sofia Coppola (2003).

katryn

Em nosso acervo de filmes as mulheres diretoras estão bem representadas, embora também sejam minoria em relação aos homens. Da Ana Muylaert, que estudou na ECA, temos os dois primeiros longas Durval Discos  e É proibido fumar. Da pioneira Ida Lupino, citada por Martin Scorsese em seu Uma viagem pessoal através do cinema americano (DVD1956/7), temos The Hitch-Hiker.  Leni Riefenstahl também está presente com O triunfo da vontade, documentário de propaganda oficial do regime nazista. Suzana Amaral, também ex-aluna e ex-docente da ECA, Laís Bodansky, Lúcia Murat e Tata Amaral são outros nomes de mulheres brasileiras cineastas cujo trabalho está representado na coleção da Biblioteca da ECA.

ida

Ida Lupino

 

Lucia Murat Filme: Uma Longa Viagem Local: Cine Sesc Data: 28/10/2011 Foto: Aline Arruda / Agência Foto

Lucia Murat

Tata Amaral

Tata Amaral

Preparamos uma lista com filmes de longa-metragem, mas também temos muitos curtas dessas diretoras no acervo. Procurem no catálogo de Filmes e Vídeos disponível em nosso site.

Lista de filmes:

Aboio. Rocha, Marilia. Brasil, 2005, 73 min

Amélia. Soares, Ana Carolina Teixeira. Brasil, 2000, 125 min

Amores possíveis. Werneck, Sandra. Brasil, 2000, 93 min

Através da janela. Amaral, Tata. Brasil, 1999, 84 min

Benjamim. Gardenberg, Monique. Brasil, 2003, 108 min

Bicho de sete cabeças. Bodanzky, Laís. Brasil, 2000, 88 min

Brava gente brasileira. Murat, Lúcia. Brasil, 2000, 104 min

Carlota Joaquina princesa do Brazil. Camurati, Carla. Brasil, 1994, ca.100 min

Carmen Miranda: bananas is my business. Solberg, Helena. Brasil / Estados Unidos, 1994, 91 min.

O casamento de Louise. Paula, Betse de. Brasil, 2001, 80 min

Um céu de estrelas. Amaral, Tata. Brasil, 1996, ca 80 min

Chega de saudade. Bodanzky, Laís. Brasil, 2007, 95 min

Cléo de 5 à 7. Cléo das 5 às 7. Varda, Agnès. França / Itália, 1962, 90 min

Construção. Gutierrez, Maria. Brasil, 2008, 9 min

Copacabana. Camurati, Carla. Brasil, 2001, ca.90 min

Das tripas coração. Soares, Ana Carolina Teixeira. Brasil, 1982, ca.100 min.

Depois do transe. Rocha, Paloma de Melo Silva. Pizzini, Joel. Brasil, 2005, 114 min

Le dernier caravansérail (odyssées). Mnouchkine, Ariane. França, 2006, 270 min

Doces poderes. Murat, Lúcia. Brasil, 1996, 98 min

Dom Helder Câmara: o santo rebelde. Bauer, Erika. Brasil, 2004, 73 min

Durval Discos. Muylaert, Anna. Brasil, 2002, 93 min

O ébrio. Abreu, Gilda de. Brasil, 1946, 126 min

Europa Europa. Holland, Agnieszka. Alemanha / França, 1986, 115 min

Feijão com arroz. Marinho, Daniela. Brasil, 2009,

Frei Tito. França, Marlene. Brasil, 1983, 16 min

The Hitch-Hiker. Lupino, Ida. Estados Unidos, 1953, 70 min

A hora da estrela. Amaral, Suzana. Brasil, 1985, 96 min

Hotel Atlântico. Amaral, Suzana. Brasil, 2009, 107 min

Infinitamente Guiomar Novaes. Bengell, Norma. Brasil, 2003, 142 min

A invenção da infância. Sulzbach, Liliana. Brasil, 2000,

Irma Vap, o retorno. Camurati, Carla. Brasil, 2006, 84 min

Justiça. Ramos, Maria Augusta. Brasil / Holanda, 2004, 107 min

Kenoma. Caffé, Eliane. Brasil, 1999, 110 min

Die Klage der Kaiserin. Bausch, Pina. Alemanha / França, 1990, 74 min. XDVD0485(circula)

Mansfield Park. Rozema, Patricia. Grä-Bretanha, 1999, 112 min

Mar de rosas. Soares, Ana Carolina Teixeira. Brasil, 1977, 99 min.

Mazel Tov. Lerner, Jaime; Seligman, Flávia. Brasil, 1990, 14 min

Meninas. Werneck, Sandra. Brasil, 2005, 71 min

Mil e uma. Moraes, Susana. Brasil, 1994, 90 min

Mina de fé. Bezerra, Luciana. Brasil, 2004, 15 min

Molière. Mnouchkine, Ariane. França / Itália, 1978, 244 min

Mulheres do Brasil. Martino, Malu de. Brasil, 2006,

Mutum. Kogut, Sandra. Brasil, 2007, 90 min

Narradores de Javé. Caffé, Eliane. Brasil / França, 2003, ca. 102 min

Ó paí, ó. Gardenberg, Monique. Brasil, 2007, 98 min

Ori. Gerber, Raque. Brasil, 1989, 53 min

Palavra (En)cantada. Solberg, Helena. Brasil, 2009, 84 min

Pão com mortadela. Castro, Georgina; Mello, Marcos. Brasil, 2009, 15 min

Um passaporte húngaro. Kogut, Sandra. Brasil / França / Bélgica / Hungria, 2003, 71min

Pequeno dicionário amoroso. Werneck, Sandra. Brasil, 1997, 91 min

The piano.  Campion, Jane. França / Austrália, 1993, 122 min

Quanto mais manga melhor. Lavalle, Michele. Brasil, 2007, 17 min

Quase dois irmãos. Murat, Lúcia. Brasil, 2003, 102 min

Que bom te ver viva. Murat, Lúcia. Brasil, 1989, 100 min

Tambours sur la digue. Mnouchkine, Ariane. CIXOUS, Hélène. França, 2003, 136 min

Terra do mar. Martinelli, Mirella; Caron, Eduardo. Brasil, 1997, 82 min

Terra para Rose. Moraes, Tetê. Brasil, 1987, 86 min

Tônica dominante. Chamie, Lina. Brasil, 2000, 80 min

Triumph des Willens. Riefenstahl, Leni. Alemanha, 1934, ca.120 min

Uma nação de gente. Hernández, Margarita; Brasil, Tibico. Brasil, 1999, 17 min

Vale a pena sonhar. Grisotti, Stela; Boehm, Rudi. Brasil, 2003, 74 min

Verdadeira história da bailarina de vermelho. Colasanti, Alessandra; Abujamra, Samir. Brasil, 2010, 15 min

A Via Láctea. Chamie, Lina. Brasil, 2007, 85 min

Vida de menina. Solberg, Helena. Brasil, 2005, 102 min

Uma vida em segredo. Amaral, Suzana. Brasil, 2001, 98 min

 

Leituras:

http://www1.folha.uol.com.br/serafina/2015/01/1578821-diretoras-brasileiras-discutem-machismo-e-papel-da-mulher-nas-telas.shtml

De Lauretis, Teresa
Technologies of gender : essays on theory, film, and fiction
Bloomington : Indiana University Press, c1987.
791.43652042 D342t

Fischer, Lucy
Shot/countershot : film tradition and women’s cinema
Princeton : Princeton University Press, c1989.
791.436520426 F529s – ECA

Kaplan, E. Ann
Women and film : both sides of the camera
London : Routledge, 1991.
791.43652042 K17w 1991 – ECA

Kuhn, Annette
Cine de mujeres : feminismo y cine
Madrid : Catedra, c1991.
791.43652042 K96wE – ECA

Kuhn, Annette
Women’s pictures : feminism and cinema
London : Routledge & Kegan Paul, 1983.
791.43652042 K96wo – ECA

Martinez de Velasco Velez, Patricia
Directoras de cine : proyeccion de un mundo obscuro
[Mexico] : Instituto Mexicano de Cinematografia, 1991
791.43 M385d – FFLCH

Miller, Lynn F.
The hand that holds the camera : interviews with women
New York : Garland, 1988.
791.430973 M648h – ECA

Women and the cinema : a critical anthology
New York : Dutton, c1977.
791.43 W872k – ECA

 


Film Index International

09/11/2015

Film Index International é uma base para pesquisar informações sobre filmes e personalidades do universo cinematográfico. Produzida em parceria com o British Film Institute, traz desde informações relativas aos primeiros filmes mudos, até os clássicos do cinema e os chamados blockbusters.

Com uma cobertura abrangente, a Film Index International indexa filmes de cerca de 170 países, sendo atualizada duas vezes por ano. Seu vasto universo inclui mais de 125.000 filmes indexados em profundidade assim como informações biográficas de mais de 800.000 personalidades. É possível conferir o resumo de filmes, elenco completo assim como a equipe técnica.  Além disso, disponibiliza informações sobre premiações internacionais.

fii

A base de dados apresenta duas grandes categorias, a partir das quais o pesquisador poderá iniciar suas buscas: Film search e Person search.

Em film search o pesquisador irá encontrar informações relativas aos filmes. É possível pesquisar por título, diretor, nome de personagem, palavras-chave da sinopse, prêmios que ganhou, etc.

Em person search será possível encontrar informações sobre uma pessoa específica pesquisando por nome, atividade exercida, prêmios que recebeu, dentre outros itens.

O diferencial da base em relação a fontes abertas disponíveis na web, além do cuidado com as informações oferecidas, é a indicação de referências bibliográficas sobre os filmes e pessoas.

Aproveite para conhecer este recurso e utilizá-lo em suas pesquisas! Lembre-se que o acesso é possível nos computadores da USP ou, então, por meio do VPN.

Caso haja alguma dúvida peça auxílio a@ bibliotecári@


Mostra Filmes sobre o Brasil

31/08/2015

mostraPreparamos uma pequena programação de documentários sobre diversos aspectos da cultura brasileira, pensando nos alunos estrangeiros do programa de Intercâmbio. Procuramos escolher DVDs com legendas em inglês ou espanhol, mas nem sempre foi possível. Não queríamos deixar alguns títulos de fora pela falta de legendas!

Os filmes são do acervo da Biblioteca da ECA. Quem não puder vir nos dias e horários da mostra, pode assistir aos filmes no momento que preferir, dentro do horário de funcionamento da Seção de Audiovisual: de segunda a sexta, das 8 às 22 horas. Temos cabines individuais à disposição dos usuários. Baixe o pdf da programação completa:

Programação

Além dos filmes selecionados para a mostra, a Biblioteca tem muitos outros documentários que de alguma forma retratam a realidade brasileira. Assistam, por exemplo, a série O povo brasileiro, baseada no livro de Darcy Ribeiro, ou procurem outros filmes de Eduardo Coutinho e Evaldo Mocarzel.

Temos também uma ótima coleção de filmes de ficção dos mais representativos cineastas brasileiros. É só explorar. Em caso de dúvidas, peçam ajuda para os funcionários do atendimento da Biblioteca.


JUNHO: MÊS DO ORGULHO LGBT

31/08/2015

Para celebrar este mês com orgulho, a biblioteca preparou uma lista de filmes presentes em nosso acervo de material audiovisual que abordam, tanto de modo central quanto de forma mais sutil, a temática da homossexualidade, bissexualidade e transexualidade.

Confira!

Amarelo manga

ASSIS, Cláudio

Brasil, 2002, 101 min

Amarelo manga

Entre um hotel decadente e um botequim transitam diversos personagens marginalizados da cidade de Recife. Dunga, o cozinheiro do hotel, apaixonado pelo açougueiro Canibal, monta um plano para afastá-lo ao mesmo tempo da amante e de Kika, a esposa evangélica ciumenta. Isaac, um dos hóspedes, é um necrófilo que tem prazer em atirar em cadáveres e assedia a sensual e nervosa dona do botequim. Kika pega o marido em flagrante, arranca a orelha da rival a dentadas e vai transar com Isaac. O dono do hotel morre e Dunga tem que se arranjar para resolver o problema do velório e do enterro.

Hotéis; Bares; Homossexuais; Recife (Cidade / Brasil); Açougueiros; Século 21; DVD2798

Angels in America

NICHOLS, Mike, 1931-

Estados Unidos, 2003, 374 min

Durante o ano de 1985, em Manhattan, um grupo de pessoas tem suas vidas atingidas pela epidemia de AIDS. Louis Ironson abandona o companheiro infectado, por não ter coragem de enfrentar a situação. Joe Pitt, jovem advogado mormon que reprime sua homossexualidade e mantém um casamento de fachada, é convidado pelo poderoso Roy Cohn para ocupar um cargo importante no Departamento de Justiça. Abandona a esposa em meio a uma crise nervosa e inicia um romance com Lou, mas este o rejeita quando descobre sua hipocrisia. Roy Cohn morre de AIDS, sem admitir a doença nem sua condição homossexual.

AIDS; Homossexuais; New York (Cidade / Estados Unidos); Casais; Doentes; DVD0540/1

Assassinato de gays

MOREIRA, Rita

Brasil, 1988, 7 min

Abordando o tema assassinato de gays, entrevista pessoas nas ruas e traz o depoimento de Jorge Mautner. São apresentadas cenas de filmes onde um gay é brutalmente assassinado e de um caçador caçando um veado na floresta. Mostra manchetes de jornais sobre teatrólogo encontrado morto em sua cama e apresenta ainda, lista de personalidades de todas as épocas que eram gays.

Homossexuais; VC1098

Bailão

Caetano, Marcelo

Brasil, 2009, 17 min

Depoimentos de homossexuais da terceira idade, frequentadores de uma casa de dança, a respeito do preconceito e marginalidade vividos por eles na juventude, quando buscavam por parceiros em cinemas pornôs, banheiros de bares e becos no centro da cidade.

Homossexuais; Idosos; São Paulo (Cidade / Brasil); Século 20; Século 21; DVD3464

O beijo da mulher aranha

BABENCO, Hector, 1946-

Brasil / Estados Unidos, 1985, 125 min

 O homossexual Molina e Valentin, um ativista político engajado na luta armada, são encarcerados na mesma cela de uma prisão de país sul-americano. Para passar o tempo e para estabelecer contato com seu companheiro de prisão, Molina conta filmes de aventura que assistiu. Ao longo deste processo os dois vão vencendo medos e preconceitos e descobrindo o respeito mútuo e a solidariedade. Paralelamente, Molina é pressionado pela polícia a fornecer informações sobre Valentin, o que não faz. Ao tentar ajudar seu amigo após ter sido libertado, Molina é assassinado pela polícia e seu corpo jogado no lixo.

Presos; Homossexuais; Prisões; Ativistas políticos; Século 20 – década de 80; VC1069, VC1511

O beijo no asfalto

BARRETO, Bruno, 1955-

Brasil, 1980, 80 min

Arandir socorre um homem vítima de atropelamento que, agonizando, lhe pede um beijo na boca. O gesto de compaixão vira manchete de jornal: um um repórter sensacionalista espalha a versão de que ele e o morto seriam amantes. O escândalo tem sérias consequências: Arandir perde o emprego e seu sogro convence a filha a abandoná-lo. Somente Dália, a cunhada apaixonada por Arandir, acredita em sua versão. Arandir é obrigado a fugir da polícia que cerca sua casa e se refugia num hotel, onde é surpreendido pela presença da cunhada e pelo sogro que, desesperado provoca o trágico desfecho do filme: ele sim, Aprígio, sempre fora apaixonado pelo genro e por isso tentava impedir o casamento da filha. Arandir foge, mas o tiro do sogro o alcança no asfalto.

Brasil; Jornalistas; Homossexuais; VC0106, XDVD0310

Bendito fruto

Goldenberg, Sérgio

Brasil, 2004, 89 min

Edgar vive uma vida complicada e de aparências: possui um salão de cabeleireiro e é amante de Maria, mas se passa por homossexual para as clientes e apresenta Maria como sua empregada, por ela ser negra. Tem um filho com ela, que não sabe que ele é seu pai. Virginia, uma antiga amiga de escola, decide visitar Edgar, mas sofre um acidente provocado por uma tampa de bueiro que explode. Fica na casa de Edgar até se recuperar e, por não saber da relação dele com Maria, tenta seduzi-lo. Maria, Virgínia, Edgar e suas funcionárias, reúnem-se todas as tardes no salão para assistir à novela “Primeiro Amor”, cujo protagonista é namorado do filho de Maria e Edgar.

Cabeleireiros; Casais; Homossexuais; Telenovelas; DVD2826, DVD3469

Na calada da noite

HALM, Paulo; CAMPOS, Luiz Arnaldo

Brasil, 1986, 20 min

Crônica sobre os notívagos, bêbados, prostitutas e travestis das noites do Rio. Apresentação de Laura de Vison do Cabaret O Bôemio, que de dia é professor de História para adolescentes numa escola pública. Resumo retirado do site da Cinemateca Brasileira.

Travestis; Boates; Bares; Homossexuais; Rio de Janeiro (Cidade/Brasil); DVD0843

Caravaggio

JARMAN, Derek

Grã – Bretanha, 1986, 88 min

Em seu leito de morte, o pintor Michelangelo Merisi da Caravaggio recorda momentos de sua vida: a infância, as decepções do início de carreira, seus últimos sucessos, a amizade com um cardeal e a relação destrutiva com um jogador.

 
Um clássico, dois em casa, nenhum jogo fora

BATISTA, Djalma Limongi, 1952-

Brasil, 1968, 21 min

Um rapaz de classe média baixa, desempregado, acorda tarde e sai de casa. Vai procurar um amigo e rompe com ele. Perambula por uma grande construção abandonada, passeia pelas ruas do centro de São Paulo e assiste a um espetáculo de luta livre. Encontra na rua um outro rapaz, com quem inicia um relacionamento amoroso. A um dado momento, ataca o novo amigo com um remo e o mata a pancadas.

São Paulo (Cidade / Brasil); Século 20 – Década de 60; Jovens; Homossexuais; eca-0321, VC1295, VC1296, XDVD1374

Eduardo II

JARMAN, Derek, 1942-1994

Grä-Bretanha, 1991, 90 min

Durante o século XVI, o rei inglês Edward II torna-se uma ameaça para o reino quando ignora sua esposa e assume, abertamente, um caso amoroso com um plebeu. A rainha e seu amante conspiram para derrubá-lo e tomar o poder.

Inglaterra; Reis; Homossexuais; VC0662, DVD1277

Flawless

Ninguém é perfeito

SCHUMACHER, Joel, 1939-

Estados Unidos, 1999, 112 min

Um segurança aposentado e conservador que não gosta de homossexuais sofre um acidente que o deixa com seqüelas, entre elas uma dificuldade de fala. O seu tratamento inclui aulas de canto dadas por um vizinho: uma drag queen que aguarda operação para mudança de sexo.

Estados Unidos; Século 20 – Década de 90; Homossexuais; Homens; VC1385

Garotos de programa

SANT, Gus Van, 1952-

Estados Unidos, 1991, 103 min

Mike (River Phoenix) e Scott (Keanu Reeves) são dois jovens garotos de programa que moram nas ruas de Portland, Oregon. Os dois fazem parte de um grupo de libidinosos excluídos sociais, que se juntam num prédio condenado para fazer tumulto e se venderem a quem esteja disposto a pagar por eles. Apesar de ambos serem insatisfeitos e perturbados, os dois garotos têm a personalidade bem diferente: Scott é rebelde e se prostitui para humilhar sua família, já Mike é um sonhador, um rapaz gentil que está apaixonado pelo seu melhor amigo, e quer encontrar a mãe. Juntos os dois se metem em diversas encrencas em viagens que vão do Idaho até a Itália para encontrar a mãe de Mike. Resumo extraído do site adorocinema.

DVD2270

Gato pardo

BERLIM, Felipe

Brasil, 2001, 7 min

Numa escadaria escura, garoto de programa ataca seu cliente com uma faca. O rapaz é surpreendido e espancado por um grupo de desconhecidos, que encontram com ele várias fotos polaroid de homens aparentemente degolados. A arma, porém, era uma inofensiva faca de mágico e o ataque ao cliente, parte do jogo.

Homossexuais; Profissionais do sexo; Brasil; Século 20; VC1632, XDVD1361

Madame Satã

AÏNOUZ, Karim

Brasil, 2002, 100 min

madame satã

Lapa, 1932. No palco do cabaré Lux, Vitória dos Anjos canta um dos muitos sucessos de Josephine Baker, Nuits d´Alger. Nos bastidores, com ar embevecido, seu camareiro João Francisco reproduz com os lábios cada palavra da canção. O rapaz é explorado e humilhado por Gregório, seu patrão e amante de Vitória. Embora João Francisco pareça submisso, na verdade, ele se revela altivo e provocador quando deixa o cabaré e caminha pelas ruas mal iluminadas e de freqüência duvidosa do bas-fonds carioca. Seu forte temperamento, sua agilidade na capoeira e a destreza no uso da navalha o fazem uma figura temida e intrigante.

Meninos não choram

PIERCE, Kimberly

Estados Unidos, 1999, 118 min

meninos nao choram

Baseado na história real de um rapaz que, após se tornar popular numa pequena cidade de Nebraska e fazer novos amigos, se envolve com uma garota. Mas o grupo de amigos descobre que, na realidade, ele é uma garota e que está sendo procurada pela polícia de outra cidade por vários crimes. Ela é humilhada,estuprada e morta por um de seus melhores amigos.

 

Milk

SANT, Gus Van

Estados Unidos, 2008, 126 min

milk

Em São Francisco, o ativista pelos direitos dos homossexuais Harvey Milk torna-se o primeiro homossexual assumido a ser eleito para um cargo público nos Estados Unidos. Durante sua atuaçao parlamentar entra em conflito com o pollítico conservador Dan White, que termina por assassiná-lo.

Morango e chocolate

GUTIÉRREZ ALEA, Tomás, 1928-1996; TABÍO, Juan Carlos, 1943-

Cuba, 1993, 108 min

 Em Cuba, na década de noventa, o universitário e militante comunista David assiste ao casamento de sua ex-namorada. Pouco depois, enquanto toma sorvete numa praça, conhece Diego, um intelectual homossexual que o convida a visitá-lo em seu apartamento. Aborrecido com o assédio, vai embora, mas volta depois, com o objetivo de verificar se Diego é adversário do regime. Os dois se tornam amigos e defendem-se mutuamente até o momento em que Diego vai embora do país.

Cuba; Século 20 – Década de 90; Homossexuais; Amigos; VC1523, XDVD0266

A lei do desejo

ALMODÓVAR, Pedro, 1949-

Espanha, 1987, 100 min

Pablo Quintero é um cineasta famoso, apaixonado por Juan, que não o ama realmente. Seu irmão transexual trocou de sexo, para viver um romance com o próprio pai. Durante a viagem de férias de Juan, Pablo conhece Antônio, rapaz rico que se torna um amante obsessivo e ameaçador. Antônio mata Juan e sequestra a irmã de Pablo, exigindo um último encontro antes de se suicidar.

Espanha; Século 20 – Década de 80; Homossexuais; eca-303/8, DVD3273

 

Plata quemada

PIÑEYRO, Marcelo, 1953-

Argentina / Espanha / Uruguai, 2000, 125 min

 Baseado em uma história real, Plata Quemada narra o espetacular crime ocorrido em 1965, que manteve dois países como reféns do terror por dois meses. Conhecidos como “Os Gêmeos”, Angel e Nene são dois amigos inseparáveis. Dois matadores que assaltam o caminhão que transporta os pagamentos da cidade de San Fernando. São sete milhões em jogo. Depois do crime eles decidem fugir para o Uruguai, até que passe a febre dos policiais sedentos por vingança. Lá, se escondem em um apartamento emprestado por um mafioso, sabendo que não devem aparecer enquanto esperam documentos fraudados para fugir ao Brasil. Porém, os documentos não chegam, eles não agüentam a clausura e na noite uruguaia, cada um sairá em busca de sua sorte. “Plata Quemada” é uma história de amor, desencontros e solidão que se unem em vidas levadas ao limite. Resumo extraído do site cinema 10.

DVD2381

Querelle

FASSBINDER, Rainer Werner, 1946-1982

Alemanha / França, 1982, 108 min

Querelle, marinheiro ladrão e assassino, chega em seu navio à cidade portuária de Brest. No bar La Feria conhece a madame Lysiane, amante de seu irmão Robert, com quem o marinheiro tem uma relação de amor e ódio. Querelle começa a vender drogas para Nono, o marido de Lysiane, e mata seu cúmplice Vic. Perde propositalmente no jogo para Nono, sabendo que os perdedores devem concordar em ser sodomizados pelo vencedor. Torna-se amante de Lysiane e também de Mario, policial corrupto. Apaixona-se por um operário assassino, que é sósia de seu irmão, mas termina por traí-lo e fazê-lo levar a culpa pela morte de Vic. Seu comandante no navio acoberta seus crimes e confessa seu amor por ele. A partir de sinopse da Wikipédia, conferida.

Marinheiros; Homossexuais; VC0672, DVD1138

De repente, no último verão

MANKIEWICZ, Joseph L, 1909-1993

Grä-Bretanha, 1959, 112 min

Internada numa clínica para tratamento mental, bela jovem afirma que seu primo foi brutalmente assassinado. Sua tia, porém, diz que tudo não passa de alucinação. Um neurocirurgião tenta resolver o mistério. Resumo: Vídeo 1997.

Estados Unidos; Século 20 – Década de 30; Psiquiatras; Hospitais psiquiátricos; Homossexuais; VC0899, VC1783, XDVD1376

Satyricon

FELLINI, Federico, 1920-1993

Itália, 1969, 124 min

Na Roma do século I d.C., dois jovens estudantes disputam o amor de um efebo. Vivendo de expedientes, eles viajam pelo sul da Itália, envolvendo-se em situações críticas, seqüestram um semideus hemafrodita e são castigados. Resumo: Vídeo 1997.

Roma (Cidade / Itália); Antigüidade; Homossexuais; VC0259, VC1413, XDVD0130

Sebastiane

JARMAN, Derek, 1942-1994

Grä-Bretanha, 1976, 82 min

No ano 303 DC o Imperador Diocleciano desencadeia em Roma uma violenta perseguição aos cristãos, por considerá-los culpados pelo incêncio de seu palácio. Sebastião, o chefe da guarda, até então favorito do Imperador, é exilado para uma remota guarnição militar. Lá, por ser cristão, sofre toda espécie de abusos e castigos inflingidos pelo comandante, num clima crescente de atração sexual sado-masoquista.

Homossexuais; Masoquismo; Soldados; Cristãos; Roma; Antiguidade; DVD1178

Sexo e claustro

Priscilla, Claudia

Brasil, 2005, 13 min

Depoimento de Maria de Pilar S. Rivera, mexicana, ex-freira e lésbica, sobre repressão sexual e vida no convento. Aos 7 anos, foi estuprada na escola em que estudava. Filha de pais divorciados e marcada pelo estupro, entrou para um convento, onde era doutrinada a ignorar o próprio corpo e a se auto-infligir severas punições a cada mínima falta. Depois que largou o hábito, teve um envolvimento amoroso com uma prima. Convencida de que isso era pecado, fez psicanálise e tentou se relacionar com homens, sem sucesso. Por fim, aceitou sua condição de homossexual. O filme mostra Maria entrando em um convento do bairro de Coyoacán, Cidade do México. Seu depoimento para a câmara é pontuado por imagens internas e externas do convento.

Comportamento psicossexual; Mulheres; Conventos; Freiras; Homossexuais; DVD0620, DVD0621, DVD3563

Tudo sobre minha mãe

ALMODÓVAR, Pedro, 1949-

Espanha / França, 1999, 101 min

Mãe solteira leva seu filho ao teatro no dia de seu aniversário de 17 anos. Diz a ele que contará tudo sobre seu pai quando chegarem em casa. Mas, enquanto tenta pedir autógrafo para a atriz principal da peça, rapaz sofre acidente que causa sua morte. Quando a mãe acha as anotações do filho, que expressam o desejo de conhecer o pai, decide voltar a Barcelona, de onde havia saído grávida, e tenta achar o pai do rapaz, que é o travesti Lola. Em Barcelona encontra com um amigo travesti e pede ajuda para procurar Lola. Conhece uma freira que está grávida de Lola. Deixa que ela more em sua casa ao descobrir que é soropositiva e começa a trabalhar com a mesma atriz da peça que assistiu com seu filho. Após a morte da freira ela passa a cuidar do bebê e, finalmente encontra Lola, também doente, para mostrar seu filho. Viaja novamente para Madrid e só retorna algum tempo depois para rever os amigos e fazer novos exames no bebê.

Homossexuais; Travestis; Profissionais do sexo; Atrizes; Freiras; Mães; Madri (Cidade / Espanha); Barcelona (Cidade / Espanha); Século 20; DVD0265, DVD1221

Victor ou Victoria

EDWARDS, Blake

Estados Unidos, 1982, 133 min

Cantora desempregada conhece uma pessoa que a incentiva a fazer um teste numa casa de espetáculos. Mas para conseguir o emprego ela se apresenta como Victor, um homem e transformista. É contratada e seu show torna-se um sucesso, todos aplaudem a performance de Victor como Victória. Um homem, importante no ramo das casas de show em Paris, encanta-se por Victor e desconfia que ele é realmente uma mulher. Victor nega e continua com seu show até que também se apaixona e revela sua identidade para ele.

Vera

TOLEDO, Sérgio

Brasil, 1986, 85 min

Drama sobre uma órfã que já durante os tempos de internato fez sua opção pelo universo masculino. Quando sai ao completar 18 anos, tem de conviver com os conflitos inerentes à sua decisão. Resumo: FDE, Série Apontamentos.


Filmes nacionais

13/07/2015

Elaboramos uma sugestão de filmes nacionais para aqueles que querem aproveitar o acervo da Biblioteca da ECA no mês de julho! Confira

Foto__Narradores_de_Jave

Cena do filme Narradores de Javé

Narradores de Javé (2003, Direção Eliane Caffé)

O pequeno vilarejo de Javé, no sertão nordestino, está prestes a desaparecer coberto pelas águas de uma hidrelétrica. Para impedir esse acontecimento, os habitantes decidem escrever sua história e tentar transformar o local em patrimônio histórico. Para isso eles têm que trazer de volta a Javé a única pessoa alfabetizada das redondezas, o ex-carteiro Antônio Biá, que havia sido expulso da cidade por inventar fofocas sobre os moradores e as enviado por carta para amigos e parentes. Na época, foi a maneira que ele encontrou para manter seu emprego no correio, que iria fechar devido a baixa circulação de cartas. Antônio Biá é incumbido de recuperar a história e transpor para o papel, de forma científica, as memórias dos moradores mais antigos. Uma tarefa difícil porque nem sempre os habitantes concordam sobre qual, dentre todas as versões, deverá prevalecer na memória do povoado.

Estômago (2007, Direção Marcos Jorge)

Raimundo Nonato foi para a cidade grande na esperança de ter uma vida melhor. Contratado como faxineiro em um bar, logo ele descobre que possui um talento nato para a cozinha. E é nas cozinhas deste boteco, de um restaurante italiano e de uma prisão que Nonato vive sua intrigante história e também aprende as regras da sociedade dos que devoram ou são devorados. Regras que ele usa a seu favor, denunciando para o telespectador as transformações que um meio hostil opera num ser humano, preocupado com sua sobrevivência diária.

A festa da Menina Morta (2008, Direção Matheus Nachtergaele)

Há 20 anos uma pequena população ribeirinha do alto Amazonas comemora a Festa da Menina Morta, celebração de um milagre que brota da morte de uma menina, e é atribuído a Santinho. O culto às roupas rasgadas e manchadas de sangue, pertencentes à menina, se desenrola na procissão-festa –  marcada por música, comilança e bebedeira –, que cresceu indiferente à dor do irmão da menina morta, Tadeu.

Lição de amor (1975, Direção Eduardo Escorel)

São Paulo, anos 1920. Um rico industrial contrata uma governanta alemã para dar aulas aos seus filhos. Dentre as atribuições da governanta, está ensinar os segredos do amor ao filho adolescente.

Cena do filme Terra estrangeira

Cena do filme Terra estrangeira

Terra estrangeira  (1995, Direção Walter Salles Jr, Daniela Thomas)

Anos 90. Sem perspectiva de vida num Brasil tomado pelo caos em plena era Collor, Paco (Fernando Alves Pinto) decide viajar para Portugal após a morte da mãe. Ele leva consigo um objeto contrabandeado, dando início a uma vertiginosa história policial. Em Portugal Paco encontra Alex, uma garçonete que namora Miguel – músico desempregado que sobrevive fazendo contrabando. Junto com a perda da inocência, o medo e a proximidade da morte, surge a possibilidade de redenção através do amor.

Jogo de cena (2006, Direção Eduardo Coutinho)

23 mulheres contam suas histórias para a câmera, relatando momentos cruciais em sua relação com os filhos e com os pais. Em alguns casos, o depoimento é interpretado por atrizes, algumas bastante conhecidas do público, outras não. Em outros casos, é a própria personagem que narra sua história. Algumas histórias se repetem, tornando difícil para o espectador distinguir a atriz da personagem real. Completando o quadro, uma das atrizes conta uma experiência de sua vida pessoal.

O ano em que meus pais saíram de férias (2006, Direção Cao Hamburguer)

Em 1970, Mauro, com 12 anos de idade, tem o sonho de ver o Brasil tri-campeão do mundo. Entretanto, sua vida é transformada quando o menino se vê obrigado a viver longe dos pais que, por serem militantes de esquerda, vão viver na clandestinidade e o deixam aos cuidados do avô. Porém, algo inesperado sucede com o avô, e o garoto fica sozinho. Quem acaba tomando conta dele é Shlomo, o vizinho, um velho judeu solitário. Ao retratar a trajetória de Mauro e as histórias de seus pais e seu avô, o roteiro mistura temas diversos: a grande presença de imigrantes estrangeiros em São Paulo, representada pelo bairro do Bom Retiro no ano de 1970, cenas da copa do mundo de 1970 e, ainda, a opressão e violência do momento mais intenso da ditadura militar no Brasil.

O auto da Compadecida (2000, Direção Guel Arraes)

Adaptado da obra de Ariano Suassuna, narra as aventuras dos nordestinos João Grilo e Chicó. Homens pobres e que recorrem a sua esperteza para lutar pelo pão de cada dia, enganando os moradores de um pequeno vilarejo no sertão da Paraíba.

Para conferir a disponibilidade do filme acesse o Dedalus


Roteiros de filmes e telenovelas

27/04/2015

A Biblioteca acaba de colocar à disposição do público um acervo de roteiros não publicados de filmes, séries e capítulos de novelas, doados pelo Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da ECA.

DSC_0050

Muitos fazem parte de processos apresentados para captação de verbas e são acompanhados por documentos como orçamentos, currículos, planos de produção etc. Vários deles trazem anotações manuscritas nas margens –  provavelmente feitas pelo diretor ou ator – e também há roteiros que não foram filmados.

Pelo seu caráter raro ou mesmo único, esses materiais estão armazenados nas Coleções Especiais da Biblioteca e não podem ser emprestados. Mas a consulta local é aberta ao público, basta solicitar aos funcionários do atendimento.

Para localizar os roteiros no Dédalus,  digite “roteiro” na caixa de busca, selecionando o campo Assunto, o acervo da ECA e a base Livros e outros materiais. Veja o exemplo:

Snap 2015-04-27 at 13.14.20

Alguns roteiros de filmes brasileiros de longa metragem:

Boleiros, de UgoDSC_0053 Georgetti.

Um céu de estrelas, de Tata Amaral

Cidade de Deus, de Bráulio Matovani

Independência ou morte, de Carlos Coimbra

Os matadores, de Beto Brant

Memórias de um gigolô, de Marcos Rey

As três mortes de Solano, de Roberto Santos (o único longa-metragem produzido pela USP)

 

Longa-metragens estrangeiros:

A cor púrpura, de Menno Meyjes

Um dia de cão, de Franck Pierson

Parceiros da noite, de William Friedkin

O poderoso chefão, parte 1, de Francis F. Coppola

Capítulos de novelas e séries de TV:

Anos rebeldes, de Gilberto Braga

Malhação, um projeto de seriado, de Emanuel Jacobina

Renascer, de Benedito Ruy Barbosa

Tieta, de Aguinaldo Silva

Torre de Babel, de Sílvio de Abreu

Para baixar o pdf da lista completa, clique aqui: roteiros.

 

 

 

 


Super-8 na Biblioteca

24/11/2014

Os mais jovens talvez não saibam disso, mas nas décadas de 1960 e 1970 os filminhos do aniversário da criança ou da viagem da família – aqueles que os amigos são obrigados a ver, queiram ou não –  eram feitos em super-8. Não era uma fita magnética nem um vídeo digital, mas um material cinematográfico, uma película de acetato de celulose.

Esses filmes eram reversíveis, ou seja, não tinham negativo. O produto final já era uma cópia positiva que, em caso de perda ou dano irreparável, não poderia ser substituída.

As câmeras e os projetores de super-8 não são mais fabricados há alguns anos, mas de alguma forma o formato sobrevive, existindo até mesmo um Festival Internacional de Cinema Super-8   na cidade de Curitiba. Muitos artistas contemporâneos gostam de trabalhar com o super-8, explorando a textura granulada do material, como se pode observar no vídeo Certas dúvidas de William Kentridge (direção Alex Gabassi), disponível neste link ou no acervo da Biblioteca, em DVD.

Na Biblioteca da ECA ainda temos uma pequena coleção de 17 títulos, a maioria deles realizada como trabalho da disciplina Semiologia da Imagem, ministrada pela professora Ana Maria Balogh na década de1980. Quando esses filmes foram encaminhados à Biblioteca, não havia mais projetores super-8 disponíveis na Escola, circunstância que tornou impossível a catalogação do material.  Os filminhos foram cadastrados na base de dados apenas com o título e o nome do diretor. A única exceção é o 5.000 volts,  digitalizado por seu diretor Aluízio Falcão Filho, que doou uma cópia em DVD para esta Biblioteca.

RecentDSC_0367emente recebemos a visita do Antônio Leão da Silva Neto, pesquisador e autor de livros e dicionários de cinema, interessado em conhecer nossa pequena coleção. Antônio, que está pesquisando o tema para seu próximo livro, trouxe seu próprio projetor para ver os filmes e trabalhou o dia todo na salinha da Referência, projetando e recolhendo as informações dos créditos. Esses dados serão passados para a Biblioteca, a fim de que possamos fazer a catalogação e completar os registros de nossa base de dados.

Vejam o Antônio trabalhando:

Mais informações sobre o super-8 no blog Preservação Audiovisual:

Super 8 mm

 


Títulos nacionais de filmes

12/05/2014

As obras internacionais, como filmes e livros, quando publicadas no Brasil recebem um título em nosso idioma. Mas  isso não significa meramente fazer uma tradução para o equivalente natural mais próximo em português, pois os títulos de filmes e livros são determinados, sobretudo, por uma ação de marketing. Assim, o que está em causa não é simplesmente transladar palavras de uma língua para outra, mas, sim, escolher um título que tenha apelo para dado público-alvo e explicite, em alguma medida, o tema central da trama.

Neste contexto de atribuição de sentido, observamos que algumas obras receberam por aqui um título bastante diverso do original. Um breve sobrevoo pelo acervo da Biblioteca da ECA nos dá mostras desta variação.

Um exemplo interessante é o clássico The sound of music que chegou até nós como A noviça Rebelde.

novica rebelde

Enquanto isso Goodfather foi traduzido como O poderoso chefão, título com muito mais apelo do que se fosse transladado simplesmente como ‘padrinho’ para nosso idioma.

O famoso Bonequinha de luxo foi lançado originalmente sob o título Breakfast at Tyffany’s, em referência ao costume da personagem principal de tomar café da manhã em frente à famosa joalheria.

Vertigo, obra de Hitchcock, chegou no Brasil como Um corpo que cai, ao invés de vertigem. Já Marnie, também de Hitchcock, é intitulado com o nome da personagem central, mas, é conhecido por nós como Confissões de uma ladra, nome que busca antecipar para o público o assunto da trama.

O encantador 84 Charing cross road foi lançado no Brasil como Nunca te vi sempre te amei e o envolvente filme francês La lectrice é conhecido por nós como Uma leitora bem particular.

Na intenção de explicitar no título o enredo, Big fish, de Tim Burton recebeu um subtítulo e tornou-se Peixe grande e suas  histórias maravilhosas. Outro exemplo é Bus stop que, com a estrela Marilyn Monroe no elenco, foi lançado no Brasil como Nunca fui santa.

E se alguém te chamasse para assistir One flew over the cuckoo’s nest você saberia que se trata do marcante Um estranho no ninho?

um-estranho-no-ninho-3

Se às vezes o novo título agrada, em outros momentos pode deixar a desejar, o fato é que é bastante interessante conhecer o título original para descortinar as nuances que o criador da obra quis revelar com o nome dado.

Neste post citamos somente alguns poucos exemplos, a partir de obras do nosso acervo. É possível assistir esses filmes na Biblioteca e também conferir se podem ser emprestados. Por fim, lembramos que em nosso catálogo cadastramos tanto o título original quanto o título com que os filmes foram lançados em nosso país.


Como o cinema vê o índio brasileiro?

14/04/2014

Como o cinema mostra o índio brasileiro? De uma forma estereotipada? Consegue ir além do cocar de pena, urucum e arco e flecha? Abaixo uma lista de filmes, séries e reportagens feitas para televisão, documentários etnográficos do nosso acervo de material audiovisual mostrando e discutindo as questões dos índios brasileiros.

Sylvio Back fez uma “colagem de trechos de filmes brasileiros e estrangeiros que contêm imagens de índios, realizada com o objetivo de mostrar como o cinema vê o índio brasileiro. Documentários, filmes de ficção, cinejornais, desenhos animados, comerciais e filmes de propaganda governamental, produzidas entre 1912 e 1983, alternam-se sem preocupação cronológica, exibindo imagens ora estereotipadas, ora realistas, idílicas, cômicas ou trágicas.”
Yndio do Brasil
Brasil, 1995, 70 min

Planos de fundos-001

Também do mesmo diretor, República Guarani, no qual “historiadores, antropólogos e jesuítas de diversas nacionalidades discorrem sobre o projeto de assimilação dos índios guaranis, empreendido pela Companhia de Jesus no sul da América do Sul. O processo de evangelização dos índios, os conflitos com os bandeirantes, a cultura desenvolvida nas missões, as peculiaridades de seu modo de produção e as causas de sua destruição são alguns dos assuntos discutidos, em pontos de vista por vezes conflitantes. Imagens das ruínas das construções jesuíticas, de obras de arte sacras, trechos de filmes e iconografia da época são exibidos entre os depoimentos.”
Brasil, 1981, 100 min

Cenas de Vera Cruz
ZATZ, Inácio
Brasil, 1979, 30 min

Macunaíma
ANDRADE, Joaquim Pedro de, 1932-1988
Brasil, 1969, 103 min
Nascido numa tribo de índios da Amazônia, um menino negro cresce habituado a ingênuas malandragens. Em delirantes aventuras, ele sai em busca de uma medalha da sorte e chega a São Paulo onde, já adulto e branco, reafirma seu comportamento de herói preguiçoso e sem caráter. Baseado no romance homônimo de Mário de Andrade. Resumo extraído do catálogo da Mostra Eduardo Escorel, CINUSP, 2005.

Como era gostoso o meu francês
SANTOS, Nélson Pereira dos, 1928-
Brasil, 1971, 84 min

como era gostoso
Drama em que um francês é capturado por índios tupinambás no Brasil do século XVI. Torna-se, assim, objeto de ritual antropofágico. Resumo: FDE, Série Apontamentos.

Terra de índios
VIANA, Zelito, 1938-
Brasil, 1979, 105 min
Documentário que traça um panorama da situação real dos índios brasileiros. Índios de várias tribos, Xavante, Pacaas Novos, Nonoaí, Guarani, Nhambikuara, Amambaí e outras falam sobre a luta para conservar seus valores culturais, a demarcação de terras, a marginalização, as doenças levadas pelo homem branco, a falta de assistência médica, a invasão das reservas. Mostra todos os preparativos e o significado de uma festa Tupi e a XIa. Assembléia de Chefes Indígenas. Entre os depoimentos, aparece Darcy Ribeiro na XXXa. Reunião Anual da SBPC em São Paulo, 1978, discutindo o problema do índio.

Asurini x Araweté: Documentários etnográficos
RIBEIRO, Frederico F
Brasil, 1981, 60 min
Registro do modo de vida e formas de produção dos Asurini e dos Araweté, dois grupos indígenas da região do Xingu, ameaçados de extinção. 1. Asurini: fuso e fio: a transformação do algodão em fio e tecido. 2. Asurini: barro e corpo: a manufatura da cerâmica e a pintura corporal. 3. Araweté: a índia vestida: a confecção da indumentária feminina. 4. Araweté: técnicas primitivas: a produção de fogo pelo atrito de duas varinhas e o uso de uma espécie de formão para trabalhar madeira.

Yanomami: a luta pela demarcação
LIMA, Rui; Reportagem
Brasil, 1989, 45 min

Povo da lua, povo do sangue
TASSARA, Marcello G, l933-
Brasil, 1983, 35 min
Documentário sobre os índios Yanomami, realizado com fotos de Cláudia Andujar. As fotos, feitas entre 1972 e 1982, registram aspectos da cultura e da vida dos Yanomami, seu habitat, seus costumes, gestos, corpos e rostos. A primeira parte do filme documenta a cultura original dos Yanomami, destacando: a lenda da criação do povo branco, o papel do líder na comunidade, as festas, a relação com o meio-ambiente, a cerimônia funerária. A segunda parte mostra o processo de desagregação social e cultural provocada pela chegada do homem branco. Depoimentos: tuxuaua Chico Opiktheri, Sra. Dantas, Lino Pereira Cordeiro, Álvaro F. Sampaio.

Deixem viver os Yanomami
Brasil, 1989 a 1990, 32 min

Yanomami
SCHIMITT, Caco
MESQUITA, Salma; Reportagem
Brasil, 1990, ca.60 min
O filme enfoca o problema da ocupação de territórios Yanomami por garimpeiros e o processo de destruição e extinção das populações indígenas, causado pela exploração do ouro na região. O dia-a-dia dos Yanomami, sua cultura e seus costumes são confrontados com incorporação de novos hábitos e com a chegada de doenças infecciosas transmitidas pelos garimpeiros. É exibida uma manifestação de garimpeiros, realizada contra a operação montada pela Polícia Federal para tirá-los das áreas indígenas. Programa apresentado no Concurso anual da Federação Nacional de Associações de Jornais.

Xingu
NOVAES, Washington
Brasil, 1985, 120 min
Compacto da série em 11 capítulos apresentada pela Rede Manchete em 1985, que retrata a cultura e o modo de vida das nações do Xingu. Os diversos rituais e seus significados, com destaque para os ritos de iniciação (prova dos marimbondos e perfuração da orelhas); a pajelança, ritual de cura; o Iamaricumá, dança exclusivamente feminina; o “Jauari”, ritual guerreiro; o Quarup, festa em honra aos mortos. Os próprios índios explicam as relações familiares em sua sociedade, a educação das crianças, o processo da passagem da adolescência para a vida adulta, o casamento e o relacionamento entre homens e mulheres. Paru, chefe da nação Iawalapiti, conta como se escolhe um pajé entre seu povo. Os chefes Raoni e Marcos Terena falam sobre os problemas da posse da terra e o inevitável contato com o homem branco.

A arca dos Zo’É
CARELLI, Vincent
Brasil, 1993, 22 min
Mostra a experiência de um índio da aldeia Waiãpi, do estado do Amapá, que viaja de avião para a aldeia dos índios Zo’É, levando vídeo sobre sua tribo realizado pelo projeto Vídeo na aldeia. Intercalando cenas das tribos Zo’É e Waiãpi, apresenta as descobertas recíprocas entre as duas tribos, suas semelhanças, diferenças e estabelecimento de relações de amizade.

Mata, a alma do índio
PERERA, Mirta Gonzalez
Brasil, 1996, 11 min

Jaraguá
D’AVILA, Fernanda Melfi Braga Silveira
Brasil, 1999, 14 min

Ao redor do Brasil
REIS, Luiz Thomaz
Brasil, 1932, 71 min

Catehe
JEHÁ, Regina
Brasil, 19–, 9 min

O povo brasileiro: Matriz tupi
FERRAZ, Isa Grinspum; FREDERICO, Flávio; FARIAS, Mauro
Brasil, 2000, ca.25 min
Série baseada na obra do antropólogo Darcy Ribeiro, que investiga a formação do povo e da nação brasileira. Este capítulo aborda a cultura dos habitantes da terra antes da chegada dos portugueses: costumes, sexualidade, relações entre homens e mulheres, guerras. Descreve-se o ritual antropofágico, ilustrado por desenhos de artistas europeus. Darcy Ribeiro fala de sua convivência com os índios caapós. Os índios são vistos em seu ambiente natural, envolvidos com as atividades próprias de sua cultura. Depoimentos: Darcy Ribeiro, Aziz Ab’Saber e Washington Novaes.

Hans Staden
PEREIRA, Luiz Alberto Mendes (Gal)
Brasil / Palestina, 1999, 91 min
capa hans staden-001Em 1550, o viajante alemão Hans Staden naufraga no litoral de Santa Catarina. Dois anos depois, consegue chegar à vila de São Vicente, reduto da colonização portuguesa. Durante dois anos, trabalha como artilheiro do forte de Bertioga. Quando se preparava para voltar à Europa, onde receberia o reconhecimento e o ouro do Rei de Portugal por seus serviços na Colônia, sua vida muda de forma inesperada. Em janeiro de 1554, Staden vai em busca de um escravo da tribo Carijó que o servia no Forte, desaparecido depois de sair para pescar. À beira do rio onde o índio costumava pescar, encontra uma cruz fincada, que era sinal usado pelos portugueses para chamar os Tupiniquins, seus aliados. Staden dá um tiro de mosquetão para atrair os Tupiniquins, mas quem aparece são sete Tupinambás, inimigos dos Portugeses e de seus aliados, que o aprisionam. O prisioneiro é levado para a aldeia de Ubatuba, onde os índios preparam um ritual festivo para matá-lo e devorá-lo. Staden se esforça para encontrar uma estratégia para se manter vivo. Mente que é francês, povo aliado dos Tupinambás, mas acaba desmascarado. Ciente do forte misticismo dos Tupinambás, consegue convencer os índios a não devorá-lo, tornando-se curandeiro e adivinho da tribo. Após nove meses entre os Tupinambás, Staden é libertado em troca de um baú de mercadorias oferecido pelo capitão de um navio francês, voltando em seguida para a Europa. Resumo extraído da obra Cinema brasileiro: um balanço dos 5 anos da retomada do cinema nacional.

A muralha
ARAÚJO, Carlos; RIOS, Luiz Henrique; SARACENI, Denise
AMARAL, Maria Adelaide
Brasil, 2000, 13h30

Viagem interior 1996-2003: Ouroboros spiritus mundi
BÏYAN, Sacha Dean
Brasil, 2004,
CDR0145
Fotografias, textos e biografia do fotógrafo Sacha Dean Bïyan. Traz imagens de habitantes dos países andinos e amazônicos.

Caramuru: a invenção do Brasil
ARRAES, Guel
Brasil, 2001, 88 min
A invenção de um país chamado Brasil começa em Portugal, onde o talentoso pintor Diogo Álvares cultiva a arte de embelezar a realidade, o que lhe cria muitos problemas com a poderosa corte de Portugal. Contratado para ilustrar os mapas que seriam usados nas viagens de Pedro Alvares Cabral, Diogo envolve-se com a sedutora Isabelle, francesa que frequenta a corte em busca de ouro. A cortesã rouba o mapa de Diogo, que é então, punido e deportado para as costas brasileiras, onde conhece a bela índia Paraguaçu e sua irmã Moema, vivendo então o primeiro triângulo amoroso da história do Brasil.

Brava gente brasileira
MURAT, Lúcia, 1949-
Brasil, 2000, 104min
Diogo, cartógrafo português a serviço da Coroa, viaja pela região do Pantanal no ano de 1778. No caminho do Forte Coimbra, os soldados que o acompanham estupram e matam um grupo de índias. O português também participa mas, com remorso, salva a mulher que violentou e a leva até o forte, que está em guerra com os índios. Os dois iniciam um romance e ela engravida. Os índios enganam os portugueses com um estratagema semelhante ao cavalo de Tróia e invadem o forte. A índia e o bebê desaparecem, e o comandante do forte explica a Diogo que as mulheres daquela tribo têm o costume de matar as crianças que não podem levar quando fogem.

Do outro lado do rio: os Pankararu do Real Parque e a cidade de São Paulo
MOTOKI, Carolina Falcão
Brasil, 2005, 50min

Conversas no Maranhão
TONACCI, Andrea, 1944-
Brasil, 1977, 120 min

Mato eles?
BIANCHI, Sérgio, 1945-
Brasil, 1983, 33 min
O extermínio suave dos últimos índios da reserva de Mangueirinha, no sudeste do Paraná, com a conivência daqueles que os deveriam proteger. As questões se desenvolvem como numa estrutura de teste de múltipla escolha. Resumo extraído do site da Cinemateca Brasileira.

mato eles sergio bianchi

Kuarup
GUERRA, Ruy, 1931-
Brasil, 1989, 119 min
kuarup01Em crise por não conseguir conter seus instintos sexuais, padre Nando é enviado às missões no Xingu, onde tem um envolvimento com uma repórter inglesa. No Rio de Janeiro, durante um reunião sobre a criação do Parque Nacional do Xingu, percebe que a real intenção das autoridades é garantir o controle político da região.De volta ao Xingu, participa do Kuarup, cerimônia indígena que retrata a criação dos homens. Com o suicídio de Getúlio Vargas, a situação política do país piora. Nando eventualmente abandona o sacerdócio, abraça definitivamnete a causa indígena e, já durante a ditadura militar, junta-se à luta dos camponeses, é preso e torturado, mas não desiste de lutar pela liberdade.

O espírito da TV
CARELLI, Vincent
Brasil, 2005, 18 min

Eu já fui seu irmão
CARELLI, Vincent
Brasil, 1993/94, 32 min
Um documentário sobre o intercâmbio cultural entre os Parakatêjê, do Pará e os Krahô, do Tocantins, que embora falem a mesma língua, nunca haviam se encontrado antes. Krôhôkrenhum, líder dos Parakatejê, preocupado com a descaracterização do seu povo, resolve ir conhecer uma aldeia Krahô que conserva muitas de suas tradições. Um ano depois, os Parakatejê retribuem o convite. No final, os chefes selam um pacto de amizade entre os dois povos. Resumo extraído do livro Vídeo nas aldeias 25 anos.

Shomôtsi
PYÃKO, Wewito
Brasil, 2001, 42 min

Marangmotxíngmo mïrang = Das crianças Ikpeng para o mundo
TXICÃO, Natuyu Yuwipo; TXICÃO, Karané; TXICÃO, Kumaré
Brasil, 2001, 32 min

Kinja Iakaha, um dia na aldeia
WAIMIRI, Araduwá; WAIMIRI, Iawysu; WAIMIRI, Kabaha; ATROARI, Sanapyty; WAIMIRI, Sawá; ATROARI, Wamé
Brasil, 2003, 42 min

Imbé Gikegü, Cheiro de Pequi
MARIKÁ; KUIKURO, Takumã
Brasil, 2006, 36 min

Pi’õnhitsi, Mulheres xavantes sem nome
TSEREWAHÚ, Divino; TÔRRES, Tiago Campos
Brasil, 2009, 54 min

Kene Yuxi, As voltas do Kene
YUBE, Zezinho
Brasil, 2010, 48 min

Bicicletas de Nhanderú
ORTEGA, Ariel; FERREIRA, Patricia
Brasil, 2011, 48 min
Uma imersão na espiritualidade presente no cotidiano dos Mbya-Guarani da aldeia Koenju, em São Miguel das Missões no Rio Grande do Sul. Resumo extraído do livro Vídeo nas aldeias 25 anos.

M’Boi Mirim – Dos índios, das águas, dos sonhos
CHNAIDERMAN, Miriam
Brasil, 2007, 26 min

Tainá 2 – a aventura continua
Lima, Mauro
Brasil, 2005, 80 min
DVD2846

Marubo: Uma tribo da Amazônia
Mota, Gonzaga; Rosa, Ricardo Monte
Brasil, 1991, 5 min
No Vale do Rio Javari, fronteira como Peru, vivem os Índios Marubo – uma tribo amazônica que luta para preservar suas tradições e cultura. Este documentário mostra um grupo de Marubos, seu dia a dia, sua relação com a “civilização” e principalmente sua riqueza de ritos e valores.

O Brasil, os índios e, finalmente, a USP
Tassara, Marcello G.
Brasil, 1988, 120 min

O povo brasileiro: Brasil caboclo
FERRAZ, Isa Grinspum; FREDERICO, Flávio; FARIAS, Mauro
Brasil, 2000, ca.25 min

Também faz parte de nosso acervo a coleção de filmes etnográficos produzida por Harald Schultz para a Encyclopaedia Cinematographica, projeto do Instituto do Filme Científico de Gottingen, que registra aspectos da culutra de índios de aldeias Kraô, Kalapalo, Waura, Suyá etc., no cultivo de campo queimado, juntando e preparando tartarugas, luta livre, jogo de luta javari, danças de exorcirmos, dança de márcaras Kokrit, obtenção de corante urucu, preparando o beiju etc.

Para uma lista completa acesse nossa base de Filmes e Vídeos digite índios e selecione Assunto. Como ilustra a imagem.

indios assunto

Os resumos usados neste post vieram da base Filmes e Vídeos.


Programadora Brasil

07/04/2014

A Biblioteca da ECA recebeu, da Cinemateca Brasileira, uma doação de importância inestimável: o acervo da Programadora Brasil. Trata-se de um projeto da Secretaria do Audiovisual e Sociedade Amigos da Cinemateca que produziu, sob a coordenação da Cinemateca Brasileira, 295 DVDs contendo mais de 900 filmes brasileiros de várias épocas e todos os gêneros, de longa, curta e média metragem.

programadora

Recebemos a coleção quase completa, faltando apenas 23 DVDs. Parte dos filmes já constava do acervo da Biblioteca, mas muitos deles são títulos novos que ainda estão sendo catalogados e cadastrados no Dédalus. Alguns dos filmes já catalogados:

Absolutamente certo
DUARTE, Anselmo, 1920-2009
Brasil, 1957, 95 min
VC1066, VC1510, DVD1201, DVD3396

Aleluia, Gretchen
BACK, Sylvio, 1937-
Brasil, 1976, 118 min
VC0109, XDVD0312, DVD1291, DVD3348

Amei um bicheiro
ILELI, Jorge, 1925-; WANDERLEY, Paulo, 1908-1973
Brasil, 1953, 90 min
VC0547, DVD1199, DVD3363

Anahy de Las Misiones
SILVA, Sérgio, 1945-
Brasil, 1997, 115 min
DVD0048, DVD3342

Assim era a Atlântida
MANGA, Carlos, 1928
Brasil, 1975, 105 min
VC0479, XDVD0105, DVD3350

Beijo 2348/72
ROGÉRIO, Walter
Brasil, 1990, 100 min
VC1083, XDVD0543, DVD3364

O bravo guerreiro
DAHL, Gustavo, 1938-2011
Brasil, 1968, 76 min
xVC0111, xVC0184, XDVD0394, DVD3379

Os cafajestes
GUERRA, Ruy, 1931-
Brasil, 1962, 90 min
VC0019, VC1649, XDVD0043, DVD3380

Castelo Rá-Tim-Bum, o filme
HAMBURGER, Cao
Brasil, 1999, 106 min
VC1409, VC1595, DVD3362

Conterrâneos velhos de guerra
CARVALHO, Vladimir, 1935-
Brasil, 1992, ca.150 min
VC0869/70, DVD3339

O corpo
GARCIA, José Antonio
Brasil, 1991, 80 min
VC0919, XDVD0542, DVD3365

A dama do cine Shangai
PRADO, Guilherme de Almeida, 1954-
Brasil, 1988, 117 min
xVC0041, XDVD0382, DVD3356

Deus e o Diabo na terra do sol
ROCHA, Glauber, 1938-1981
Brasil, 1964, 125 min
VC0036, VC0204, XVC0293, DVD0208/9, DVD0631, XDVD0518, DVD3343

O dragão da maldade contra o santo guerreiro
ROCHA, Glauber, 1938-1981
Brasil, 1969, 95 min
VC0030, VC1705, DVD2285/6, DVD2295/6, DVD3357

Edifício Master
COUTINHO, Eduardo, 1933-
Brasil, 2002, 110 min
DVD0725/6, XDVD0302, DVD3351

Eles não usam black-tie
HIRSZMAN, Leon, 1937-1987
Brasil, 1981, 115 min
VC0062, DVD0895, DVD1306, DVD3366

Esta noite encarnarei no teu cadáver
MARINS, José Mojica, 1931-
Brasil, 1966, 107 min
DVD0122, DVD1581, DVD3358

Estamira
PRADO, Marcos
Brasil, 2005, 116 min
DVD2791, DVD3390

Estômago
Marcos Jorge
Brasil, 2008, 113 min
DVD2809, DVD3391

Estranho encontro
KHOURI, Walter Hugo, 1929-2003
Brasil, 1958, 90 min
VC0098, XDVD0028, DVD3368

Eu me lembro
Navarro, Edgard, 1949-
Brasil, 2005, 110 min
DVD3397

Filme demência
REICHENBACH, Carlos, 1945-2012
Brasil, 1985, 90min
DVD2599

O homem do Sputnik
MANGA, Carlos, 1928
Brasil, 1959, 97 min
VC0480, XDVD0081, DVD3369

Iracema: uma transa amazônica
BODANZKY, Jorge, 1942-
Brasil, 1974, 90 min
VC0047, DVD0661, DVD1682, DVD3359

Jango
TENDLER, Sílvio, 1950-
Brasil, 1984, 110 min
xVC0011, XDVD0479, DVD3352

Justiça
RAMOS, Maria Augusta, 1964-
Brasil / Holanda, 2004, 107 min
DVD0700/1, DVD3381

A lira do delírio
LIMA JR, Walter, 1938-
Brasil, 1978, 104 min
VC0091, XDVD0030, DVD3353

Macunaíma
ANDRADE, Joaquim Pedro de, 1932-1988
Brasil, 1969, 103 min
VC0033, VC0214, DVD0879, DVD2492, DVD2926, DVD3344

Madame Satã
AÏNOUZ, Karim, 1966-
Brasil, 2002, 105 min
DVD0973, DVD0974, DVD3354

Memória do cangaço
SOARES, Paulo Gil
Brasil, 1964, 30 min
VC1275, XDVD0530, DVD2508, DVD3396

Moro no Brasil
Kaurismäki, Mika
Brasil, 2002, 104 min
DVD3377

Na senda do crime
CERRI, Flaminio Bollini, 1924-1978
Brasil, 1954, 66 min
VC0067, XDVD0052, DVD3382

Narradores de Javé
CAFFÉ, Eliane
Brasil / França, 2003, ca. 102 min
DVD0521, DVD2832, DVD3392

Nossa escola de samba
GIMENEZ, Manuel Horacio
Brasil, 1965, 29 min
DVD2506, DVD3396

O Grilo Feliz
Ribas, Walbercy
Brasil, 2001, 80 min
DVD3347

A ostra e o vento
LIMA JUNIOR, Walter, 1938-
Brasil, 1997, ca.120 min
VC1673, DVD0316, DVD3370

O pagador de promessas
DUARTE, Anselmo, 1920-2009
Brasil, 1962, 95 min
VC0499, VC1071, XDVD0145, DVD0923, DVD3383

Por 30 dinheiros
Barbosa, Vania Perazzo; Hlebarov, Ivan
Brasil, 2005, 110 min
DVD3349

O prisioneiro da grade de ferro
SACRAMENTO, Paulo
Brasil, 2003, 124 min
eca-0384/90, VC0746, DVD0715, DVD2770, DVD3340

São Bernardo
HIRSZMAN, Leon, 1937-1987
Brasil, 1972, 113 min
VC0046, DVD1225, DVD1258, DVD3384

São Paulo Sociedade Anônima
PERSON, Luiz Sérgio, 1936-1976
Brasil, 1965, 90 min
XDVD0098, DVD0971, DVD0972, DVD3345

Sinhá Moça
PAYNE, Tom, 1914-
Brasil, 1953, 120 min
VC0099, XDVD0060, DVD3393

Subterrâneos do futebol
CAPOVILLA, Maurice, 1936-
Brasil, 1964 a 1965, 32 min
DVD2506, DVD3396

Terra em transe
ROCHA, Glauber, 1938-1981
Brasil, 1967, 115 min
VC1074, DVD0638, DVD0640, DVD2283, DVD2293, DVD3360

Terra estrangeira
SALLES JR, Walter, 1956-; THOMAS, Daniela, 1959-
Brasil, 1995, 100 min
VC0933, VC0996, XDVD0676, DVD3341

Todas as mulheres do mundo
OLIVEIRA, Domingos de, 1936-
Brasil, 1966, 86 min
DVD0200, DVD3385

Tudo bem
JABOR, Arnaldo, 1940-
Brasil, 1977, 113 min
VC0044, DVD1275, DVD3346

O velho: a história de Luiz Carlos Prestes
VENTURI, Toni, 1956-
Brasil, 1997, 105 min
xVC0104, XDVD380, DVD3355

Vida de menina
SOLBERG, Helena
Brasil, 2005, 102 min
DVD1692, DVD2784, DVD3361

Uma vida em segredo
AMARAL, Suzana, 1932-
Brasil, 2001, 98 min
DVD0611, DVD3371

Viramundo
SARNO, Geraldo, 1938-
Brasil, 1965, 38 min
VC1276, XDVD0341, DVD2505, DVD3396

Xica da Silva
DIEGUES, Carlos, 1940-
Brasil, 1976, 107 min
VC0110, VC1076, XDVD0282, DVD3394

Acompanhem a entrada de  novos títulos pela lista de novas aquisições que divulgamos periodicamente neste blog e no site da Biblioteca. Os catálogos impressos da Programadora Brasil em breve estarão disponíveis para consulta na Biblioteca.

 

 

 


%d blogueiros gostam disto: