Biblioteca de cara nova

Após quase 1 ano de reforma, a Biblioteca da ECA está com seus contornos mais definidos, faltando muito pouco para ser feito.

Entre o ideal e o real, sabemos haver uma grande distância; o espaço foi transformado dentro das possibilidades concretas de modo a melhor atender todos aqueles que utilizam a Biblioteca.

Veja o que foi feito:

Nova entrada:

A entrada da Biblioteca mudou para o saguão do prédio central da ECA.

Com esta mudança foi possível criarmos uma antesala com duas mesas e também um computador para consultas no acervo. Este espaço pode ser utilizado sem a necessidade de guardar bolsas e mochilas nos armários.

 

O balcão de atendimento  está logo na entrada. O atendimento para empréstimo de livros, partituras, CDs, DVDs agora concentra-se em um único balcão.

 

Referência

O espaço do serviço de referência encontra-se logo na entrada da biblioteca, sem barreiras físicas. No local também será o espaço de consulta das coleções especiais e livros de artista, mais amplo e confortável do que o antigo.

 

 

Espaço para estudo individual

Foram adquiridas 16 novas cabines para estudo individual. Ainda falta colocarmos acesso para tomadas em todas as mesas.

 

Salas para estudo em grupo

No antigo espaço do balcão de atendimento foram criadas 3 salas para estudo em grupo.

Anteriormente havia uma única sala com mesas. Com o novo espaço foi possível a divisão em espaços menores, atendendo a uma antiga demanda de alunos que querem se reunir para conversar sobre os estudos.

 

Novas cadeiras

As cadeiras destinadas ao público e também aos funcionários foram trocadas.

 

Ainda faltam:

Novos armários para guarda de bolsas

Nova estante para a reserva didática

Finalizar trabalho com a rede elétrica

Tomadas nas novas cabines para estudo individual

Poltronas

Caixa para devolução de livros

 

Pedras no caminho

Durante a reforma descobrimos que o piso da Biblioteca está cedendo em alguns pontos, impossibilitando a colocação de materiais pesados nos locais afetados – a depressão é bem visível na entrada e no espaço da referência. Não foi possível incluir o conserto do piso no orçamento da reforma. Em algum momento, num futuro próximo, teremos que enfrentar mais um período de reforma para resolver esse problema.

A configuração do espaço – um grande retângulo com o corredor no meio – talvez não seja das mais ideais. Muitos entram na biblioteca conversando como se o corredor fosse um local de passagem isolado do restante da biblioteca. Infelizmente não é. Nesse sentido, a colaboração de todos, não falando alto, é essencial.

Com a nova configuração é importante um projeto de comunicação visual que facilite o reconhecimento dos espaços, tornando o uso da Biblioteca mais intuitivo. Esperamos que isso seja feito em algum momento, mas atualmente toda a comunicação visual que temos foi feita pela própria equipe da Biblioteca com os recursos que temos, a saber: sulfite, contact, régua, estilete e, claro, nossas ideias.

Esperamos que a Biblioteca fique melhor para todos e estamos abertos a sugestões para melhorar o espaço dentro das possibilidades reais.

 

 

Anúncios

One Response to Biblioteca de cara nova

  1. Vera Gracia Lorenzon Ferreira disse:

    Aparenta ter ficado bem mais “clean”. Gostei…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: