Acesso suspenso

26/03/2018

Um dos recursos mais importantes para quem faz pesquisa na USP são as bases de dados para busca de artigos de periódicos acadêmicos.

O portal do SIBi relaciona nada menos que 222 bases! Algumas delas são assinadas pela USP, outras pela CAPES, algumas são de acesso aberto.

JStor, Scopus, Web of Science e Lisa, para citar alguns exemplos, são nomes que moram no coração de quem está fazendo sua tese, dissertação, TCC ou qualquer outro trabalho que exija acesso à literatura especializada de qualidade reconhecida.

Infelizmente, estamos sem acesso a diversas dessas bases, algumas há bastante tempo. Vários usuários já vieram até nós manifestar sua profunda insatisfação (para dizer o mínimo).

O problema é que a renovação de algumas assinaturas não tem sido feita, e o acesso ao serviço é cortado pelo fornecedor. As causas variam: falta de recursos, questões jurídicas, problemas da CAPES ou das próprias empresas que fornecem as bases. O Departamento Técnico do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP, que é responsável pela renovação das assinaturas, nos enviou informações sobre cada caso.

No momento, as bases de interesse da ECA que estão com o acesso interrompido são:

Art Full Text

(sem acesso desde  maio de 2017)

Recurso abrangente para a informação artística com artigos em texto completo de mais de 300 periódicos que remontam a 1995 e de resumo de mais de 600 periódicos desde 1984,  incluindo 280 revistas com revisão por pares, bem como indexação e resumos de mais de 13.000 dissertações de arte. Indexa também quase 200.000 reproduções de arte. Inclui arte decorativa e comercial, arte popular, fotografia, cinema e arquitetura. É uma das melhores fontes de informação especializada para a área de Artes.

A renovação da assinatura está em análise na Procuradoria Geral da USP.

Business Source Complete

(sem acesso desde maio de 2017)

Inclui resumos das revistas científicas de negócios mais importantes desde 1886. Ideal para acessar revistas em texto completo em todas as disciplinas de negócios, incluindo marketing, gerenciamento, contabilidade, finanças e economia. Há também textos completos adicionais de conteúdo não-periódico que inclui dados financeiros, livros, monografias, trabalhos de referência principais, conferências, estudos de caso, relatórios de pesquisa de investimento, relatórios de indústria, relatórios de pesquisa de mercado, relatórios de país, perfis de companhia, análises SWOT e muito mais. Fonte de informação muito importante para as áreas de Turismo, Relações Públicas e Publicidade.

A renovação da assinatura está em análise na Procuradoria Geral da USP.

JSTOR – Arts and Sciences

(sem acesso desde início de 2018)

Base multidisciplinar, está entre as mais conhecidas e utilizadas pelo pesquisador da área de artes. Das 15 coleções da base, apenas uma delas continua disponível.

Está em processo de renovação, mas não temos previsão de quando o acesso será regularizado.

Dissertations and Theses

(sem acesso há mais de dois anos)

A única base de dados que dá acesso a dissertações e teses em âmbito internacional. A base nem consta mais do portal de bases de dados do SIBi.

Não há previsão de pagamento para este ano, devido a problemas orçamentários.

FIAF

(sem acesso desde o início de 2018)

A melhor e mais completa base para busca de informação em cinema e televisão, desenvolvida pela Federação Internacional dos Arquivos de Filmes.

A renovação era feita com a Dot Lib, que era representante da OVID, editora da base de dados FIAF. A OVID tirou a representação da Dot Lib e ainda não está em negociação com o DT-SIBi. Não há previsão de renovação para este ano.

Classical Music Library e Classical Scores Library

(Acesso interrompido há cerca de um mês)

Bases de gravações e partituras musicais, complementam nosso acervo físico.

Bases de dados assinadas pela CAPES. Até o momento, o DT-SIBi não recebeu nenhuma informação sobre cancelamento da assinatura. Caso isso ocorra, o título não será renovado pelo DT-SIBi, por falta de verba.

A solução do problema não está ao alcance da Biblioteca da ECA. Tudo o que podemos fazer é defender, junto ao DT-SIBi, a importância da manutenção dessas assinaturas e alertar todas as instâncias envolvidas no processo de renovação para os prejuízos que a interrupção do acesso causa aos nossos pesquisadores.

Nossa Comissão de Biblioteca e a Comissão de Pós-graduação da ECA devem se manifestar a respeito, em breve.

Enquanto isso, os pesquisadores órfãos do JStor e outras bases podem procurar a Biblioteca da ECA para tentar descobrir fontes de informação alternativas. Algumas das bases de dados multidisciplinares, embora menos completas do que as especializadas, trazem conteúdos de revistas das áreas afetadas. Não custa tentar!

 

fotos: 1. Thomas Hawk:I Will Never Break Your Heart (Flickr); 2. Nancy L. Stockdale: I miss you (Flickr)


Wiley Online Library

03/07/2017

A USP oferece o acesso à Wiley Online Library, uma coleção multidisciplinar de recursos online abrangendo, dentre outras, as áreas de ciências sociais e  humanidades. São mais de 6 milhões de artigos de mais de 1.500 periódicos científicos, além de mais de 19 mil ebooks.

Para localizar itens de seu interesse em meio a tal vastidão informacional, a plataforma oferece opções fáceis e intuitivas para a realização de pesquisas. Também é possível consultar tutoriais sobre procedimentos de busca.No caso dos ebooks há um resumo da obra, é possível fazer a navegação por capítulos, salvá-los em pdf e também imprimir. Caso prefira, é possível fazer o download da obra completa.

Funcionalidades como exportar referências, salvar em uma pasta, enviar o link por email e criar alertas também estão disponíveis.

É possível pesquisar por termos no título da obra, texto completo, resumo, palavras-chave, dentre outras opções.

Fizemos uma pesquisa bastante superficial com termos que correspondem às áreas de estudo abrangidas pela ECA e observamos que foi recuperado um grande número de artigos e ebooks. Lembre-se que pesquisas feitas no idioma inglês recuperam maior número de registros.

O acesso à Wiley Online Library pode ser feito diretamente pela plataforma, na qual você usará as funcionalidades de pesquisa disponíveis. O link  é: http://onlinelibrary.wiley.com/

Caso prefira, o Portal da Busca Integrada também recupera os registros disponíveis na Wiley.

Em ambos os casos, é importante lembrar que o acesso se dá a partir dos computadores conectados à rede USP ou por meio do VPN.

Aproveite e bons estudos!

 

 


Como encontrar artigos acadêmicos para sua pesquisa

21/03/2016

Além dos livros e outros materiais disponíveis nas bibliotecas, há um universo de informações científicas online que a USP oferece para sua comunidade.

Neste post iremos apresentar os diferentes recursos que você pode utilizar para encontrar artigos acadêmicos para sua pesquisa.

Para começar é preciso saber que nos computadores da USP o acesso a tais recursos é livre. Entretanto, para utilizá-los fora da USP é preciso ter o VPN, um serviço restrito a docentes, funcionários e alunos de graduação e pós-graduação. Com isso, você terá acesso à rede USP mesmo não estando no campus. Clique aqui para saber como proceder para acessar a rede USP via VPN.

pesquisacientifica

Bases de Dados
São diversas as bases de dados disponíveis, cobrindo as mais variadas áreas do conhecimento. Por meio delas você pode acessar artigos científicos de inúmeras publicações internacionais. A vantagem de utilizar as bases de dados são os recursos de pesquisa que oferecem: são diversas as possibilidades de estratégias de busca para garantir que você consiga encontrar o material que trata do tema de seu interesse. Apenas lembre-se de que estamos falando de um universo de textos acadêmicos provenientes de diferentes países e o idioma predominante para as buscas nas bases de dados é o inglês.

Aqui você encontra a lista de bases de dados disponibilizadas pela USP e em nosso site elencamos aquelas que refletem as áreas de pesquisa da ECA.

Revistas de A-Z
No Revistas de A-Z é possível pesquisar pelo título da publicação de seu interesse. Aqui estão elencadas somente revistas online, estejam elas disponíveis via bases de dados que a USP assina ou portais de acesso aberto. Assim, se você está procurando artigos de uma revista específica este é o caminho para localizá-la. Você também pode ter boas surpresas ao pesquisar aqui por uma palavra-chave como parte integrante do título da publicação, digitando esta palavra em francês, inglês ou espanhol, por exemplo.

Portal CAPES
No Portal CAPES você terá acesso a um acervo bastante vasto que abrange bases de dados de texto completo assim como referenciais, conteúdo audiovisual, normas técnicas, e-books e obras de referência. Ao fazer uma pesquisa via Portal CAPES a busca será feita em diferentes fontes de informação que lá estão reunidas e você será remetido para a fonte que contém a informação de seu interesse.

Portal de Revistas USP
Neste portal você terá acesso às revistas publicadas pela USP. Aqui o acesso é livre, o que significa que não é preciso estar na USP ou utilizar o VPN para acessar os textos das revistas. Você pode pesquisar pelo título da revista, conferir uma lista alfabética dos títulos ou, ainda, uma lista em que estão agrupadas por área do conhecimento e outra em que aparecem por unidade de origem (por exemplo: ECA, FAU etc.). Ao escolher a revista do seu interesse, você pode pesquisar por artigos.

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo (BDTD)
Na BDTD você pode acessar o texto completo de teses e dissertações defendidas na USP. As publicações mais antigas não estão na BDTD, que foi criada em 2001; teses e dissertações publicadas, aproximadamente, a partir de meados do ano 2000 já se encontram disponíveis online. Caso não localize a obra de seu interesse, lembre-se que as bibliotecas possuem a versão impressa deste material que não está disponível online.

Portal de Busca Integrada da USP

Pela Busca Integrada é possível encontrar conteúdos do Portal CAPES, das revistas assinadas pela USP, do Portal de Revistas da USP, além dos registros do Dédalus, e da BDTD e de bibliotecas digitais de teses de outras instituições. Mas lembramos que, como a Busca Integrada têm menos recursos, para uma pesquisa mais consistente é melhor utilizar as bases de dados especializadas.

DOAJ – Directory of Open Access Journals
Como o próprio nome diz no DOAJ o acesso é aberto, portanto, não é preciso estar na USP ou conectar-se via VPN. Qualquer pessoa com acesso à internet terá acesso aos textos disponíveis neste diretório que indexa e disponibiliza o texto completo de artigos de revistas acadêmicas de áreas diversas e revisadas por especialistas.

SciELO – Scientific Electronic Library Online
Outro recurso gratuito, a SciELO oferece acesso ao texto completo de artigos de revistas científicas nacionais. Aqui é possível pesquisar por um índice de títulos de revistas, as quais também estão agrupadas em áreas do conhecimento. Além disso, é possível pesquisar por título, autor e assunto.

Na página do SIBi USP você poderá encontrar todos os links que apresentamos

Lembre-se que o foco deste post são recursos disponíveis online, mas as bibliotecas da USP  possuem um vasto acervo impresso que inclui importantes títulos de revistas científicas.

Ficou interessad@? Tem dúvidas? Aqui na Biblioteca da ECA é possível que você agende um horário com @ bibliotecári@ para conhecer os recursos de informação de seu interesse. Clique aqui para marcar.


Film Index International

09/11/2015

Film Index International é uma base para pesquisar informações sobre filmes e personalidades do universo cinematográfico. Produzida em parceria com o British Film Institute, traz desde informações relativas aos primeiros filmes mudos, até os clássicos do cinema e os chamados blockbusters.

Com uma cobertura abrangente, a Film Index International indexa filmes de cerca de 170 países, sendo atualizada duas vezes por ano. Seu vasto universo inclui mais de 125.000 filmes indexados em profundidade assim como informações biográficas de mais de 800.000 personalidades. É possível conferir o resumo de filmes, elenco completo assim como a equipe técnica.  Além disso, disponibiliza informações sobre premiações internacionais.

fii

A base de dados apresenta duas grandes categorias, a partir das quais o pesquisador poderá iniciar suas buscas: Film search e Person search.

Em film search o pesquisador irá encontrar informações relativas aos filmes. É possível pesquisar por título, diretor, nome de personagem, palavras-chave da sinopse, prêmios que ganhou, etc.

Em person search será possível encontrar informações sobre uma pessoa específica pesquisando por nome, atividade exercida, prêmios que recebeu, dentre outros itens.

O diferencial da base em relação a fontes abertas disponíveis na web, além do cuidado com as informações oferecidas, é a indicação de referências bibliográficas sobre os filmes e pessoas.

Aproveite para conhecer este recurso e utilizá-lo em suas pesquisas! Lembre-se que o acesso é possível nos computadores da USP ou, então, por meio do VPN.

Caso haja alguma dúvida peça auxílio a@ bibliotecári@


Bases de dados e pesquisa acadêmica

23/03/2015

Em meio ao percurso acadêmico muitos já devem ter se deparado com o termo “bases de dados”, inserido no contexto dos recursos informacionais oferecidos pela universidade. Mas, afinal o que são bases de dados e por que são tão importantes?

De forma bastante simples, podemos caracterizar as bases de dados como fontes de informação eletrônicas, pesquisáveis e que se relacionam a necessidade de controle, disseminação e visibilidade do conhecimento produzido nos mais variados âmbitos: temático, geográfico e institucional.

A USP assina diferentes bases de dados, relacionadas às variadas áreas do conhecimento. Por ser um recurso pago, seu uso é restrito aos campi da universidade e, para aqueles que possuem vínculo com a USP, é possível obter uma senha para acesso remoto, por meio do VPN. Veja mais informações aqui

technology

A seguir apresentamos algumas bases de dados voltadas para as áreas do conhecimento abrangidas pela Escola de Comunicações e Artes

Art Full Text: traz o texto completo de artigos sobre arte, compreendendo centenas de títulos de revistas científicas, desde a década de 1980 até a atualidade. Além disso, é possível ter acesso a mais de 13.000 dissertações da área de Artes, provenientes de diferentes instituições de ensino. A pesquisa por reproduções de arte também é possível. Abrange artes visuais, arte popular, fotografia, cinema e arquitetura.

Project Muse: reúne expressiva seleção de periódicos especializados na área de Ciências Humanas. Proporciona ao pesquisador o acesso ao texto completo de cerca de 200 títulos em: Artes, Sociologia, Educação, Ética, entre outras áreas.

Classical Music Library: oferece acesso a um vasto acervo de gravações musicais, indo desde o canto gregoriano até gravações de compositores contemporâneos. Traz material de selos importantes como Hyperion, Bridge Records, Sanctuary Classics, Artemis-Vanguard, Hänssler Classic, Vox e outros.

Classical Scores Library: Disponibiliza mais de 24.000 partituras musicais de composições que vão desde a Renascença ao século XXI. Inclui obras com copyright de editoras como Boosey and Hawkes, Universal Edition, Peters e A-R Editions, que podem ser baixadas no formato pdf. Além destas, destacamos na área de Música: RILM Abstracts of Music Literature, RIPM Retrospective Index to Music Periodicals, Oxford Music Online, International Index to Music Periodicals. Leia mais sobre estas bases neste outro post.

Film Index International: Produzida em parceria com o British Film Institute,  oferece indexação aprofundada dos primeiros filmes mudos aos mais recentes campeões de bilheteria, além de informações biográficas completas de mais de 40.000 celebridades. Inclui registros de filmes de diversos países, com ampla cobertura de premiações internacionais e oferece ainda pesquisa de resumos de roteiros. Traz informações detalhadas como: nome do diretor, listas completas de elenco e equipe de filmagem, ano de lançamento, informações sobre a produção, créditos, prêmios, sinopses e referências a publicações sobre cinema.

FIAF: Embora não apresente o texto completo, é bastante abrangente, reunindo diferentes bases de dados: International Index to Film Periodicals, International Index to Television Periodicals, The List of Periodicals Indexed, Treasures from the Film Archives, Bibliography of FIAF Affiliates Publications e International Directory of Film and TV Documentation Collections. A base principal International Index to Film Periodicals abrange publicações periódicas sobre filmes, desde 1972 até o momento presente. Traz citações e faz referência a artigos de mais de 300 títulos, apresentando sua descrição bibliográfica completa. Embora não apresente o texto completo, é uma base de dados abrangente

SCOPUS: indexa mais de 14.000 títulos de 4.000 editoras nas diversas áreas do conhecimento, possui cerca de 27 milhões de resumos, incluindo citações, desde 1996. Os textos completos de revistas assinadas pelo Consórcio CRUESP/Bibliotecas (USP/UNESP/UNICAMP) são visualizados a partir dos resumos, como também é possível verificar artigos científicos na Web, automaticamente, pelo buscador SCIRUS.

Academic Search Premier: é uma base de dados multidisciplinar que oferece acesso ao texto completo de mais de 4.600 periódicos.

Information Science & Technology Abstracts (ISTA): importante base de dados referenciais da área de Ciência da Informação. Reúne artigos de revistas especializadas, livros, relatórios de pesquisa, anais de conferência e patentes. A cobertura remonta à meados da década de 1960.

Library, Information Science & Technology Abstracts with Full Text: disponibiliza o texto completo de periódicos científicos abrangendo os assuntos: biblioteconomia, classificação, catalogação, recuperação de informações online, gestão da informação, dentre outros temas.

LISA: O Library & Information Science Abstracts é uma ferramenta internacional de resumos e indexação, elaborada para profissionais da área de biblioteconomia e outros especialistas da área da informação. Conta atualmente com resumos de mais de 440 periódicos, publicados em mais de 68 países, num número superior a 20 idiomas.

Quem estiver interessado em conhecer bases de dados de uma área específica pode agendar um horário para vir à biblioteca da ECA, neste caso um bibliotecári@ irá lhe ensinar a realizar pesquisas utilizando estratégias de busca adequadas para recuperar informações pertinentes ao seu tema de interesse. Para agendar um horário, clique aqui.

Para escrever este post lemos: Comunicação & produção científica: contexto, indicadores e avaliação. Organizado por Dinah A. Poblacion, Geraldina P. Witter e José Fernando Modesto

   


Programa de treinamentos na Biblioteca

20/10/2014

A partir desta semana, aproveitando o contexto da XVII Semana do Livro e da Biblioteca na USP, a Biblioteca da ECA lança um programa permanente de treinamentos voltado para promoção do uso mais proveitoso das fontes de informações e serviços oferecidos, principalmente as bases de dados especializadas, catálogos da Biblioteca e gerenciador de referências EndNote Basic.

Snap 2014-10-17 at 16.51.00A USP assina dezenas de bases de dados, algumas com cobertura ampla de um campo de estudo, outras interdisciplinares ou multidisciplinares. Embora essas bases de dados ofereçam informações atualizadas e confiáveis, são às vezes desconhecidas de boa parte da comunidade de pesquisadores.

Outro propósito dos treinamentos será oferecer orientações básicas para pesquisas nos catálogos da USP (Dedalus, Busca Integrada, bases da Biblioteca), bem como fazer reservas e renovações, usar pastas virtuais, inserir tags e comentários, empréstimo entre bibliotecas.

Snap 2014-10-17 at 16.49.50

E para aqueles que se queixam de ter de lidar com referências e citações durante a elaboração de seus trabalhos, vamos apresentar o gerenciador de referências EndNote Basic, que permite organizar referências de documentos, compartilhar pastas, gerar listas de referências e inserir citações de forma automática no formato ABNT etc.

Snap 2014-10-17 at 16.53.06

Já está em nosso site uma nova página, onde se pode ver as opções de treinamentos disponíveis e fazer inscrição num deles. Depois de feita a inscrição deve-se aguardar confirmação por parte da Biblioteca. Nessa fase inicial os treinamentos devem, preferencialmente, ser agendados com três dias de antecedência.

Se alguém tiver necessidade de informações sobre algum assunto que não esteja em nosso “menu” de treinamentos, entre em contato conosco por e-mail,  telefone ou pessoalmente. Podemos preparar um treinamento especial, sob demanda.

Aproveitem!

 


Bases de dados de Música

17/03/2014

Neste post iremos apresentar algumas bases de dados específicas da área de Música. Antes de começar, lembramos que estes recursos somente podem ser acessados a partir dos computadores da USP ou pelo VPN.

musica

Classical Music Library:  Oferece acesso a vasto acervo de gravações musicais. Inclui desde canto gregoriano até gravações de compositores contemporâneos, e material de selos importantes como Hyperion, Bridge Records, Sanctuary Classics, Artemis-Vanguard, Hänssler Classic, Vox e outros. Traz música vocal, coro, música de câmara, orquestra, música solo instrumental e ópera.  É possível pesquisar por compositor, intérprete, regente, álbum, gênero, instrumento, gravadora, período.

Classical Scores Library: Disponibiliza mais de 24.000 partituras musicais de composições que vão desde a Renascença ao século XXI. Inclui obras com copyright de editoras como Boosey and Hawkes, Universal Edition, Peters e  A-R Editions, que podem ser baixadas no formato pdf.  Permite realizar buscas por compositor, gênero, instrumento, título, número de opus e período.

RILM Abstracts of Music Literature: Guia abrangente e contínuo para publicações sobre música do mundo inteiro. Inclui mais de 620.000 registros; mais de 30.000 novos registros são adicionados todos os anos. Cobre diversos tipos de documentos: artigos, livros, bibliografias, catálogos, dissertações, Festschriften, iconografias, comentários críticos para trabalhos completos, gravações etnográficas, resumos de conferências, recursos eletrônicos, críticas e muito mais.

RIPM Retrospective Index to Music Periodicals: apresenta  análise detalhada, feita por acadêmicos e editores de renome mundial, de conteúdo de textos sobre cultura e história da música publicados entre 1800 e 1950. Indexa atualmente o conteúdo de 140 revistas especializadas em música, incluindo artigos, análises, ilustrações, exemplos de músicas, propaganda, críticas da imprensa e muito mais. Além disso, oferece mais de 5.000 traduções em inglês de artigos de periódicos em outros idiomas.

Oxford Music Online: é um portal de pesquisa na área de Música que abrange os conteúdos da Grove Music Online, Oxford Companion to Music e do Oxford Dictionary of Music. Contém biografias, artigos, bibliografias e recursos multimídia. Permite pesquisar por assuntos, compositores, obras, períodos e estilos musicais.

International Index to Music Periodicals: Esta base de dados fornece acesso a registros bibliográficos sobre Música, contendo mais de 400 publicações internacionais bem como citações retrospectivas de cerca de 180 periódicos. O conteúdo, atualizado mensalmente  abrange publicações sobre música popular e erudita. ***ATENÇÃO: Atualmente estamos sem acesso a esta base de dados, que se encontra em processo de renovação***

Lembre-se, sempre que houver dúvidas procure por um bibliotecári@. Estamos prontos para auxiliá-lo a utilizar os diferentes recursos de pesquisa.

Quer conhecer a lista completa de bases de dados assinadas pela USP, incluindo as mencionadas, e acessá-las? Clique aqui 


%d blogueiros gostam disto: