Publicações de artista na Biblioteca da ECA

29/10/2018

A coleção Publicações de artista da Biblioteca da ECA é composta por produções artísticas dos docentes, teses e dissertações do Programa de Pós-graduação em Artes visuais, TCCs do Departamento de Artes Plásticas e livros de artistas adquiridos pela Biblioteca, de autores sem vínculo acadêmico com a Escola.

Dentre as publicações de artista encontram-se obras que são explicitamente manifestações artísticas. Já o livro de artista é obra em que se dá o encontro entre a forma “livro” e a expressão “arte”.  Assim, a forma “livro” constitui a própria obra, não é mero suporte para divulgação de um trabalho artístico.

Caracterizar uma obra como livro de artista é tarefa complexa que implica diferentes elementos. Por esse motivo,  podem existir livros de artista em nosso acervo que ainda não foram identificados como tal. Para ter uma dimensão mínima do que está implicado nessa tarefa, leia esse post.

Cidade imaginária, de Anico Herskovits .
Foto: Carla Bonomi

Júlio Plaza e Augusto de Campos. Poemóbiles. Foto: Carla Bonomi

Dora Longo Bahia. Marcelo do Campo (dissertação)

No Dédalus e no Portal da Busca integrada é possível realizar a pesquisa pelas publicações de artista (termo mais geral que engloba inclusive os livros de artista) e, também, somente pelos livros de artistas (lembre-se que estão em causa aqueles que já foram identificados e caracterizados como tal pela nossa equipe).

Para pesquisar por publicações de artista no Dédalus em “campo para busca” selecione a opção “coleção especial” e digite o termo “publicação de artista” (o uso de acentos e sinais especiais é indiferente).

Publicação de artista é termo que delimita essas coleções em todas as bibliotecas da USP. Assim, outras bibliotecas podem ter coleção desse tipo de publicação e você irá localizá-las ao realizar a pesquisa considerando o acervo das demais bibliotecas da USP.

Para pesquisar apenas por livros de artistas digite o termo “livro de artista” no campo “assunto”:

Vejam também o trabalho realizado por Carla Bonomi como parte de seu trabalho de conclusão de curso de Biblioteconomia.

Bibliografia de livros de artista da coleção da Biblioteca da ECA


Semana do Livro e da Biblioteca

23/10/2017

Na semana de 23 a 27 de outubro, as bibliotecas da USP estão comemorando a XX Semana do Livro e da Biblioteca. Nesse evento, já tradicional em nosso SIBiUSP, as bibliotecas programam uma série de atividades para a comunidade, com o propósito de chamar a atenção para seus serviços e ressaltar sua importância no ambiente acadêmico.

A programação deste ano dá uma boa ideia da diversidade dos serviços oferecidos pelas bibliotecas da USP, e da criatividade e dinamismo das equipes de bibliotecários e técnicos. Mesmo com a dramática redução de pessoal ocorrida nos últimos anos, as bibliotecas da USP continuam vivas e atuantes. O tema deste ano é Conhecimentos e Práticas no Contexto da Informação Científica.

Programação geral da XX Semana do Livro e da Biblioteca

Aqui na ECA o contexto da informação científica tem seus contornos específicos, diferentes das demais unidades da USP. Nossa semana não é apenas do livro, é da música, das artes e dos livros de artista. Vejam nossa programação:

O livro pensado através – palestra de Lúcia L. Mindlin

dia 24.10 – terça-feira – 15 horas – Sala Egon Schaden (prédio central)

A fotógrafa e artista Lucia. L. Mindlin vai apresentar suas experiências enquanto pesquisadora do livro de artista.

Lucia L. Mindlin trabalha com fotografia desde 1991. Buscando um novo suporte para as imagens, começou a investigar e experimentar a construção de uma série de livros objetos, que utilizam procedimentos tais como repetição de imagens, deslocamentos, sobreposições, cortes e furos, entre outros.

Participou do V Nucleo de Formação em Linguagem Fotográfica, do Centro Cultural Oswald de Andrade, em São Paulo,1991. Formou-se em Design Gráfico no Centro Universitário Belas Artes, São Paulo (2010). Mestra em poéticas visuais pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de são Paulo, USP, sob orientação do professor Marco Buti (2014). Atualmente faz o doutorado sob a orientação do professor Claudio Mubarac, também na ECA/USP. Tem em seu currículo diversas exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Inscrições gratuitas:

https://www.eventbrite.com.br/e/palestra-o-livro-pensado-atraves-tickets-38944964437

 

 

Visita guiada ao acervo de livros de artista da Biblioteca da ECA –  Alessandra Maldonado

23 de outubro – 15:00
25 de outubro –  10:30

Biblioteca da ECA – térreo do prédio central

Visita guiada com a bibliotecária Alessandra V. C. Maldonado para divulgar o Acervo de Publicações de Artista da Biblioteca da ECA composto por Livros de Artista, teses e dissertações do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais e TCCs do Departamento de Artes Plásticas.

Inscrições gratuitas:

https://www.eventbrite.com.br/e/visita-guiada-publicacoes-de-artista-da-biblioteca-da-eca-tickets-39017985846

 

A pesquisa em música e sua produção multifacetada – Carolina Andrade Oliveira

Palestra e apresentação musical (com Giulia Faria)
26 de outubro – 11 horas

Local: Sala Egon Schaden, prédio central da ECA

Carolina nos mostrará diferentes tipos de produção decorrentes da pesquisa em música e nos contará um pouco sobre seu trabalho de mestrado, que se propõe a investigar, identificar e analisar as práticas do regente-arranjador desde a concepção do arranjo até sua performance, passando pela escolha do repertório, procedimentos e técnicas de escrita, ensaios.  Junto com as também musicistas Anne Karoline Moreira e Juliana Vasques, Carolina mantém um canal no Youtube chamado “musicalidades”, que busca levar conteúdos relacionados à música para diversos tipos de interessados. Por fim, haverá uma apresentação musical do projeto “Volver a Latinoamérica”, em duo com a cantora Giulia Faria, realizando um repertório de canções latino-americanas, principalmente as das décadas de 60 e 70 que foram importante meio de expressão político-social na época das ditaduras.

Inscrições:

https://www.eventbrite.com.br/e/palestra-a-pesquisa-em-musica-e-sua-producao-multifacetada-depoimento-ao-final-de-um-mestrado-tickets-39050377731


Livro de artista

01/12/2014

O chamado livro de artista vai muito além de um encontro indiferente entre a forma ‘livro’ e a expressão ‘arte’.

Anne Moeglin-Delcroix dá indícios sobre o que é um livro de artista ao explicitar a diferença entre o livro que é receptáculo, objeto impresso indiferente ao seu conteúdo, e aquele que estabelece uma relação de dependência recíproca com o seu conteúdo. Assim, se a obra apresentada no livro pode ser exposta em outro lugar, independente da ‘forma livro’, entende-se que este suporte não é intrinsecamente necessário à obra.

Mas, afinal o que é um livro de artista?

Para responder esta questão Johanna Drucker apresentou uma breve definição:

o livro de artista é aquele livro criado como trabalho de arte original, ao invés da reprodução de um trabalho artístico preexistente.

Mas, como a própria autora alerta, a definição lança luzes sobre variadas interrogações, desvelando os muitos elementos implicados na caracterização de um livro de artista:

O que é um trabalho de arte original? Deve ser um trabalho único? Pode ser uma edição? Um múltiplo? Quem faz? É o artista aquele que tem a ideia? Ou, somente pode ser considerado artista aquele que fez todo o trabalho envolvido na produção – impressão, pintura, encadernação, fotografia e o que mais estiver envolvido na elaboração do livro? Ou, então, cada um dos participantes deve ser levado em conta, especialmente quando há complexas transformações envolvidas – como ‘transformar’ a pintura em impressão ou, ainda, quando a encadernação tem uma forma estrutural desenvolvida por outra pessoa, que não o artista?

Hudinilson Júnior – Livro de artista. Em exposição no MAC USP.

Hudinilson Júnior: Livro de artista. Exposição no MAC USP. Fonte: site da Associação de Amigos do MAC/USP.

Nos acervos das bibliotecas da USP, principalmente na ECA e no Museu de Artes Contemporânea, podem ser encontrados tanto os próprios livros de artistas quanto textos sobre livros de artistas, para aqueles que quiserem se enveredar por esta temática. Entretanto, como o assunto é relativamente novo no ambiente das bibliotecas, nossos catálogos ainda refletem uma confusão conceitual entre assunto e tipologia documental. Por esse motivo, quem faz a busca pelo assunto “livros de artistas” no Dédalus obtém um resultado com as duas coisas: os livros de artistas e material sobre eles. A distinção fica por conta do usuário.

As bibliotecas já se deram conta do problema e estão trabalhando para resolvê-lo. O livro de artista entrou na relação de “tipos de documentos” do Dédalus, e as bibliotecas começaram a fazer a distinção quando catalogam o material, mas a novidade ainda não foi incorporada à interface de busca do sistema.

A identificação de um livro de artista é tarefa para especialistas. É o próprio artista, ou um curador, que pode dizer se determinado aquela trabalho pode ser considerado um livro de artista. Aqui na Biblioteca da ECA temos muitos trabalhos acadêmicos cuja forma de apresentação e características físicas “demonstram que o visível não se limita ao legível e que a visualidade é uma forma particular de articular nossa experiência frente ao mundo” nas palavras do prof. Claudio Mubarac em texto preparado para a exposição que montamos no início deste ano. Entre esses trabalhos talvez se encontrem livros de artistas. Os conhecedores do assunto podem nos ajudar a identificá-los. Deixe seu comentário aqui ou envie mensagem para a bibliotecária Sarah Lorenzon Ferreira, responsável pela catalogação em nossa biblioteca: sarahloren@usp.br.

A Divisão de Coleções Especiais da Biblioteca Universitária da Universidade Federal de Minas Gerais tem uma coleção de livros de artista que surgiu depois de um seminário sobre o assunto realizado em 2009 e já conta com mais de 250 títulos. Os livros da coleção, em sua maioria doadas pelos próprios artistas, são avaliados por curadores e professores da Escola de Belas Artes. Foram desenvolvidas formas de organização e critérios para conservação do acervo que precisam levar em conta e equilibrar dois aspectos igualmente importantes: a vontade do artista, que deseja ver sua obra exposta e acessível ao público, eventualmente prevendo até mesmo sua deterioração, e a necessidade que a biblioteca universitária tem de preservá-lo, na condição de acervo destinado à pesquisa.

foto: Sarah Lorenzon Ferreira.

foto: Sarah Lorenzon Ferreira.

Nossa colega Sarah fez uma visita técnica à Divisão, onde teve a oportunidade de assistir a uma aula da Profa. Maria do Carmo de Freitas Veneroso,  do curso de pós-graduação em Artes visuais da Escola de Belas Artes. De acordo com a professora, o que caracteriza um Livro de Artista e o diferencia dos demais livros é a maneira como foram feitos. No Livro de Artista existe um diálogo entre texto e imagem, nos livros “comuns” o texto vem em primeiro lugar e a imagem é utilizada apenas para ilustrar o que foi dito. O surgimento do Livro de Artista se deu num momento em que os artistas queriam sair das galerias/do mercado para exporem suas obras de forma mais livre, acessível e democrática. Era assim, uma forma de trabalharem fora do sistema das Artes.

SAM_0773

Desenhos, de Edith Derdyk. Foto: Sarah Lorenzon Ferreira.

 

Kinocaixa (Kinolivros), de  Mariana Zanetti.

Kinocaixa (Kinolivros), de Mariana Zanetti. Foto: Sarah Lorenzon Ferreira.

 

O blog Livro de Artista permite acessar imagens e informações sobre as obras da coleção da UFMG de forma bastante agradável.

P.S. : A partir de hoje, 8.12, a busca por “Livro de artista” como Tipo de material no banco de dados Dédalus já é possível. Confiram!

Para escrever este post lemos:

DRUCKER, Johanna. The century of artists’ books. New York: Granary, 1995.

PANEK, Bernadette. Livro de artista: o desalojar da produção. Dissertação de mestrado. ECA-USP, 2003.

Para saber um pouco mais sobre o sobre o assunto:

Coleção Livro de Artista da Universidade Federal de Minas Gerais: processos biblioteconômicos em um acervo especial

https://www.bu.ufmg.br/snbu2014/wp-content/uploads/trabalhos/646-2029.pdf

Breve explicação sobre Livro de artista

http://www.fafich.ufmg.br/dcs/tubo/producao/agencia/universidade/livros-de-artista-sabe-o-que-e

Seminário sobre Livro de Artista, realizado em 2009

http://seminariolivrodeartista.wordpress.com/colecao-especial/

Artigo da professora Maria do Carmo sobre Livro de Artista

http://www.eba.ufmg.br/revistapos/index.php/pos/article/view/38

Critérios adotados para seleção de obras raras: critérios de raridade da Divisão de Coleções Especiais da Biblioteca Universitária – Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal de Minas Gerais

https://www.bu.ufmg.br/boletim/obrasraras/criterios_raridade_divisao_colecoes_especiais.pdf

Site Biblioteca Central UFMG/Coleções Especiais e Obras Raras

https://www.bu.ufmg.br/colecoes-especiais/obras-raras-e-especiais

ROCHA, Miguel Zózimo da. Estratégias Expansivas : publicações de artistas e seus espaços moventes. Porto Alegre: M.Z. Rocha, 2011. Acervo da Biblioteca do MAC/USP.


%d blogueiros gostam disto: