As gravuras e suas imagens

13/10/2015

Por muitos anos a Biblioteca da ECA manteve uma coleção de imagens de obras de arte, em slides, para uso dos professores e alunos que precisavam analisar as obras em aulas, palestras etc. A coleção foi muito utilizada, mas agora descansou. Os usuários dos antigos slides migraram para o ambiente digital.

O acervo continua à disposição do público. Seus segmentos mais importantes, que contêm imagens difíceis de serem localizadas em sites de museus e bibliotecas digitais, estão sendo digitalizados. Vejam aqui um pouco da história dessa coleção:

https://bibliotecadaeca.wordpress.com/2012/04/13/memoria-da-eca-imagens-de-ontem-e-de-hoje-2/

Entre slides, fotografias em papel e imagens digitais, temos mais de 800 reproduções de gravuras no acervo. Em sua maioria são coleções adquiridas de museus e fotos de ilustrações livros feitas na própria Biblioteca ou doadas por artistas, mas também temos documentação fotográfica da II Bienal de São Paulo – um acervo raro – e os originais do livro História geral da Arte no Brasil, organizado por Walter Zanini.

goeldi

morandi

E também temos algumas gravuras originais de artistas que defenderam trabalhos acadêmicos na ECA, entre os quais Evandro Carlos Jardim e Regina Silveira, cujos trabalhos Processos da gravura em metalAnamorfas, apresentados como dissertação de mestrado, fazem parte do acervo da Biblioteca.

Regina Silveira. Anamorfas.

Regina Silveira. Anamorfas.

Selecionamos algumas bibliotecas digitais de museus ou serviços comerciais que trazem imagens de gravuras de boa qualidade, vejam aí:

Pace Prints
http://www.paceprints.com/about

Tate Gallery
http://www.tate.org.uk/

British Museum
http://www.britishmuseum.org/research/collection_online/search.aspx

Artsy
https://www.artsy.net/gene/etching-slash-engraving

Agência fotográfica da Réunion des Musées Nationaux
http://www.photo.rmn.fr/

Scala
http://www.scalarchives.com/web/index.asp

Bridgeman
http://www.bridgemanimages.com

BPI1700 – British Printed Images to 1700
http://www.bpi1700.org.uk/jsp/

The Metropolitan Museum of Art
http://www.metmuseum.org/toah/hd/engr/hd_engr.htm

The National Gallery of Arts
www.nga.gov/

Acompanhem também a Biblioteca da ECA no Pearltrees e Pinterest, onde procuramos garimpar conteúdos interessantes para quem procura imagens.

Anúncios

Memória da ECA: imagens de ontem e de hoje

13/04/2012

Antigamente existiam os diafilmes, tiras com imagens fixas que eram projetadas em  sequência, acompanhando as explicações do professor:

Os diafimes eram, por assim dizer, os avós das apresentações em Power Point. Quando a Biblioteca recebeu, na década de 1980,  uma coleção de diafilmes sobre cinema do extinto Instituto Nacional do Cinema (1966-1975), esse tipo material nem era mais utilizado.

Então começamos a transformá-los em coleções de slides, o que se usava na época.

Os slides, ou diapositivos, são fotografias em suporte transparente e  formato 35 mm. Foram muito usados como material didático, antes de existirem os slides do Power Point.

Para atender às necessidades dos cursos, principalmente os de artes, a Biblioteca começou a produzir slides para o acervo, com uma ótima câmera Pentax K-1000, toda manual:

A câmera era acoplada a uma mesa de reprodução bastante simples, na qual fotografávamos ilustrações de livros e catálogos de exposição:

Um filme de 36 poses levava, em média, de duas a três horas para ser terminado. Era preciso colocar máscaras de papelão preto em volta das ilustrações para o texto não aparecer, evitar o reflexo das luzes no papel …

As lâmpadas esquentavam muito e queimavam as mãos das funcionárias, mas elas adoravam esse trabalho mesmo assim, porque era algo especial e diferente.

Os filmes eram enviados a um laboratório para serem revelados, depois eram cortados e montados em molduras plásticas:

Os professores e alunos levavam emprestados os slides, que eram projetados por um projetor como esse:

Os slides eram acondicionados em pastas apropriadas e guardados em arquivos de aço, em sala com temperatura e umidade controladas.

Hoje não produzimos mais slides, mas conservamos nosso acervo de aproximadamente 25.000 itens. Estamos  digitalizando os slides mais importantes , aqueles que não se pode encontrar em outras fontes. Temos material doado pelos próprios artistas ou por professores que formaram coleções importantes, como Tadeu Chiarelli.

Digitalizar slides não é tão divertido quanto produzí-los, mas pelo menos os estagiários não queimam as mãos!

E a Biblioteca continua produzindo imagens a partir de fontes diversas, mas agora apenas digitais.  Sempre divulgamos, aqui neste blog, as novidades desse acervo.


Acervo de imagens de arte

24/08/2010

Tadeu Chiarelli, professor do Departamento de Artes Plásticas da ECA e atual diretor do Museu de Arte Contemporânea da USP, doou à Biblioteca da ECA sua coleção particular de slides. São aproximadamente 2000 imagens de obras de arte, em sua maioria de artistas brasileiros.

Os slides, de boa qualidade técnica e bastante bem conservados, estão sendo digitalizados e catalogados pela Biblioteca. Mais da metade da coleção já está à disposição dos usuários da Biblioteca, para ser utilizada em aula e outras atividades de caráter acadêmico, respeitando sempre os direitos autorais. Essa doação tem um aspecto que a torna particularmente interessante: contém imagens obtidas pelo professor diretamente dos artistas, e não estão disponíveis na internet.

O professor Tadeu teve um importante papel na formação e desenvolvimento da coleção de imagens de obras de arte da Biblioteca. Além de ter doado muito material e conseguido que diversos artistas brasileiros importantes também cedessem imagens de suas obras, foi ele que deu início ao processo de organização da coleção, separando e selecionando pessoalmente centenas de slides, e orientando as bibliotecárias responsáveis pela catalogação ao longo de muitos anos.

Annateresa Fabris, também professora da ECA e usuária constante da coleção de slides no decorrer dos anos 80 e 90, também teve destacada participação nesse trabalho de seleção de imagens e orientação da equipe da Biblioteca. A professora coordenou um projeto de pesquisa que obteve recursos para produzir coleção de slides de obras de arte contemporâneas, pequena, mas com excelente qualidade técnica.

A Biblioteca está digitalizando o segmento mais significativo de sua coleção de mais de 25.000 slides, que inclui material doado por docentes e artistas, fotos originais que dificilmente poderão ser obtidas em outras fontes, imagens que fazem parte de teses ou que estão de alguma forma ligadas à memória da Escola.

Futuramente, essa coleção de imagens digitais estará disponível na internet. No momento, os interessados em consultá-la devem se dirigir à Seção de Multimeios da Biblioteca, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas.

Vejam uma pequena amostra das imagens doadas por Tadeu Chiarelli:

Este slideshow necessita de JavaScript.


%d blogueiros gostam disto: