Os livros novos estão chegando

04/05/2015

Recentemente 86 livros novos chegaram à Biblioteca, correspondentes a diferentes áreas do conhecimento. Os títulos foram comprados a partir de sugestões de professores, alunos e funcionários, prática adotada pela Biblioteca.

Ou seja, tanto as sugestões de professores como de alunos são levadas em consideração pela Biblioteca no momento de adquirir novos materiais para enriquecer o nosso acervo. Embora a equipe de funcionários também busque indicar obras pertinentes, a contribuição de professores e alunos é essencial, pois são aqueles que estão em contato direto com questões inerentes às áreas de Comunicação, Informação e Artes. Assim, a colaboração de todos é mais que bem-vinda para desenvolver o acervo da nossa Biblioteca!

Para sugerir a compra de livros ou outros materiais basta acessar o site da biblioteca. No canto esquerdo da tela você verá a opção “Sugestão de compra”, basta clicar e preencher o formulário com as informações sobre a obra a ser adquirida. Já os professores, podem enviar listas com os títulos diretamente para o email da biblioteca.

É preciso ter um pouco de paciência, pois o processo de compra é um tanto demorado comparado à velocidade que marca a contemporaneidade. Mas, vale destacar que o processo de compra das bibliotecas da USP é unificado e ocorre em momentos pré-determinados do ano, por meio da modalidade de compra ‘pregão’. Depois do recebimento do material, ainda há um período de espera até tudo ser devidamente catalogado e cadastrado no Dédalus.  Apesar do tempo decorrido entre o pedido do item e sua disponibilização na biblioteca,  não deixe de sugerir obras para aquisição. Embora o processo esteja um pouco mais demorado nos últimos tempos, com a propalada crise da universidade, as bibliotecas continuam comprando materiais.

Veja abaixo alguns dos títulos adquiridos recentemente, graças à colaboração da comunidade ecana.

Cultura da participação

Cultura da participação, de Clay Shirky

Nos últimos anos assistimos a uma mudança radical na forma como milhões de pessoas obtêm informação. Antes consumidores passivos de produtos culturais fornecidos por uma minoria, rapidamente estamos nos transformando em criadores do que outros, como nós, consomem. Mas, como a internet foi capaz de alterar tão drasticamente o modo de utilizarmos o nosso tempo livre, nos retirando de uma posição de espectadores para outra, de colaboradores? Clay Shirky reflete sobre esta questão e reúne exemplos de impressionantes ferramentas criadas de forma compartilhada. Localização: 303.4833 S558c

 

A dramaturgia da memória no teatro-dança, de Licia Maria Morais Sanches

A dramaturgia da memória no teatro-dança, de Licia Maria Morais Sanches

A autora explora um tema que figura na pauta das discussões da criação artística, em suas diferentes manifestações e, principalmente, no teatro – em que medida memória e vivência se compõem com a invenção estética na geração e formalização da obra de arte para a cena e em cena?Localização:792.028 S211d

O ouvido pensante, de R. Murray Schafer

O ouvido pensante, de R. Murray Schafer

 

 

 

 

 

 

Coletânea de ensaios sobre a concepção sonora e musical do autor, o músico canadense Murray Schafer. Reunidos em seis grandes grupos temáticos, os textos descrevem a maneira a que Murray, que é professor de música, recorre para despertar seus jovens alunos para o que ele chama de ‘paisagem sonora’, e não apenas para a música como esta é cotidianamente compreendida. Cunhado pelo autor, o conceito de ‘paisagem sonora’ abrange sonoridades em geral, abarcando o inestimável leque de ruídos urbanos e naturais. Localização: 780.7 S296o 2.ed.

Antropologia do turismo, de Augustin Santana

Antropologia do turismo, de Augustin Santana

 A obra oferece um panorama teórico para aprofundar o debate sobre a diversidade cultural e a superação de estereótipos; para favorecer a passagem do puro academicismo para a ação mais engajada e integrada com o planejamento. O autor questiona comportamentos bizarros de turistas e as discussões em torno da autenticidade; desmistifica a busca por formas “alternativas” de turismo. Analisa a relação do turismo com o patrimônio e o tema “turismo sexual”. Localização: 910 S232a

Confira a lista completa de obras aqui.

Caso algum dos livros ainda não esteja cadastrado no Dedalus, peça auxílio a um bibliotecário.


Comprando livros e outros materiais para o acervo

29/03/2010

A Biblioteca recebe da Reitoria, todos os anos, verba para comprar livros e outros materiais para o acervo.  Os alunos, professores, funcionários e demais usuários podem indicar material para ser adquirido.  Funciona mais ou menos assim: as pessoas que precisam de um livro, ou acham importante que a Biblioteca tenha determinada coleção de DVDs, por exemplo, fazem o pedido. Na medida do possível, a Biblioteca compra.

Nosso objetivo principal ao adquirir materiais bibliográficos é subsidiar as atividades de ensino, pesquisa e extensão, desenvolvidos na ECA.  Levando sempre em conta esse objetivo, temos alguns critérios para selecionar o que será comprado:

– São atendidos apenas os pedidos que tenham por finalidade o ensino, a pesquisa e a extensão;

– Solicitações de professores têm prioridade sobre as das demais categorias;

– Têm prioridade itens que constam da bibliografia básica de cursos de graduação, pós-graduação e extensão;

– A Comissão de Biblioteca tem a palavra final na seleção do material e decide a respeito de casos não previstos.

Como as compras são feitas:

Os bibliotecários não podem simplesmente ir à livraria mais próxima e comprar tudo o que é necessário. É um pouco mais complicado.

Como somos uma instituição pública, as compras obedecem a uma legislação cujo objetivo principal é assegurar o bom uso do dinheiro público.

As compras são feitas de forma centralizada pelo Departamento Técnico do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP, duas ou três vezes por ano, por um sistema chamado pregão.  Demora um pouco, mas é lei.

Como pedir:

– Pessoalmente, na Biblioteca, solicitando ao pessoal do atendimento a papeleta de sugestão de compra.

– Por e-mail, enviando mensagem para os endereços eletrônicos normanda@usp.br,
sileiv@usp.br.

Como saber o que a Biblioteca compra?

No site da Biblioteca publicamos boletins com informações atualizadas sobre novas aquisições incorporadas ao acervo:

Além disso, sigam-nos no Twitter, onde sempre anunciamos as novidades.


%d blogueiros gostam disto: